SAP pode vir a ultrapassar as projeções para 2015

CloudEmpresasGestãoNegóciosResultados

O diretor executivo da SAP disse que o negócio de cloud pode, durante o quarto trimestre, vir a superar as estimativas traçadas para 2015.

A fabricante alemã de software revelou hoje que o lucro operacional cresceu 19 por cento no terceiro trimestre, face ao período anterior, arrecadando 1,62 mil milhões de euros. O mercado dos Estados Unidos continua a ser aquele onde a SAP gera mais receitas, seguido pela região EMEA e pela Ásia-Pacífico, em segundo e terceiro lugar, respetivamente.

No entanto, em termos de receitas de subscrição e suporte de cloud, foi na região EMEA onde se registou o menor crescimento – das três regiões – durante o terceiro trimestre.

O CEO Bill McDermott, citado pela Reuters, disse que as projeções para 2015 ainda não foram adaptadas aos resultados, pois ainda muito pode acontecer ao longo do quarto trimestre, um período decisivo para a empresa.

McDermott, em comunicado, afirma que os resultados relativos a julho, agosto e setembro refletem a forte aposta que a SAP tem feito na sua plataforma HANA, cuja adoção continua a aumentar.

Quanto aos resultados para a totalidade de 2015, a SAP, baseada no forte impulso registado no terceiro trimestre, prevê receitas de 1,95 mil milhões de euros a 2,05 mil milhões de euros para o seu negócio de subscrições e suporte de cloud. Em 2014, a empresa conseguiu receitas de 1,10 mil milhões de euros neste segmento.

Para o negócio de cloud e software, a SAP espera registar um aumento de 8 a 10 por cento das receitas em 2015, face ao ano anterior.

Também numa perspetiva de ano inteiro, espera-se um lucro operacional de 5,6 mil milhões de euros a 5,9 mil milhões de euros em 2015, face aos 5,64 mil milhões de 2014.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor