Samsung tropeça em lucros que desiludem e cai redonda no chão

Negócios

A Samsung Electronics comunicou hoje os piores lucros do último par de anos e alvitrou incerteza relativamente aos lucros que de deverão esperar do seu nuclear segmento de dispositivos móveis, originando receios acerca da capacidade da sul-coreana para reconquistar um crescimento saudável. A redução das estimativas fez com que as ações da Samsung sigam agora em

A Samsung Electronics comunicou hoje os piores lucros do último par de anos e alvitrou incerteza relativamente aos lucros que de deverão esperar do seu nuclear segmento de dispositivos móveis, originando receios acerca da capacidade da sul-coreana para reconquistar um crescimento saudável.

samsung

A redução das estimativas fez com que as ações da Samsung sigam agora em linha reta e a velocidade crescente em direção à maior queda diária que sofreram nos últimos oito meses.

Contudo, a tecnológica sul-coreana tem esperanças de que neste terceiro trimestre as remessas de dispositivos móveis cresçam dez por cento, face ao período anterior, e disse, ainda, que está a planear lançar um novo smartphone de categoria premium com um design ímpar e constituído por um material diferente de todos os outros.

Tendo as vendas do seu icónico Galaxy S5 sido, em maio, eclipsadas pelas do iPhone 5S da Apple e os seus dispositivos low end estilhaçados pela feroz competição de rivais chineses como a Xiaomi, a Samsung assegurou que vai apostar na reanimação da sua linha de produtos de gama média e baixa.

Apesar de todos estes planos, a fabricante de smartphones viu-se forçada a reduzir as suas projeções para o terceira trimestre, algo que não surgiu como uma surpresa para os analistas.

O vice-presidente sénior Kim Huyn-joon, falando do negócio mobile da Samsung, afirmou que a concorrência sofucantemente impetuosa faz com que seja difícil prever uma recuperação dos lucros da empresa.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor