Samsung sem smartphones com Tizen num futuro próximo

MobilidadeNegócios

Parece que os inúmeros desencontros da Samsung com a Tizen, cheios de notícias contraditórias, desmentidos, promessas incumpridas e mais momentos incoerentes, deixam bem claro, com o seu último episódio no Mobile World Congress 2014, os verdadeiros planos da Samsung. Sim, aqueles que esperavam, desde 2013, um smartphone com Tizen, e que depois de ver uma

cintillo-mwc2014

Parece que os inúmeros desencontros da Samsung com a Tizen, cheios de notícias contraditórias, desmentidos, promessas incumpridas e mais momentos incoerentes, deixam bem claro, com o seu último episódio no Mobile World Congress 2014, os verdadeiros planos da Samsung.

samsung tizen

Sim, aqueles que esperavam, desde 2013, um smartphone com Tizen, e que depois de ver uma apresentação da Samsung com o Gear 2 e um protótipo de smartphone Tizen viam-no com algo real em muito pouco tempo, finalmente, e com vem sendo habitual, terão que resfriar o entusiasmo.

JK Shin assegurou que a Samsung, por agora, não tem qualquer intenção de fabricar nenhum smartphone com Tizen e que, qualquer das maneiras, o sistema operativo precisa de amadurece para poder se apresentado no mercado. Em suma, a empresa decidiu usar, arriscadamente, o Tizen nos seus periféricos para assegurar o controlo dos mesmo e a sua possível incompatibilidade com tudo aquilo que não seja Samsung.

Contudo, incitam outros a utilizarem dispositivos com Tizen para ver como funcionam e, posteriormente, decidirão se é compensatório mudarem de sistema operativo quando o Android os serve tão bem, com a Microsoft desejosa de fazer smartphones com Windows Phone e com os terminais Firefox e Ubuntu a caírem cada vez mais.

Assim, este ano poderemos ver smartwatches, monitores de atividade e televisores com sistema operativo Tizen, mas para smartphones, acredita-se que não.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor