Samsung mostra projetos do laboratório de inovação

InovaçãoWearable
0 0 Sem Comentários

A uma semana do arranque do CES 2016, em Las Vegas, a Samsung já levantou a ponta do véu sobre alguns dos gadgets experimentais que vai apresentar. Trata-se de projetos do laboratório de inovação, que nesta altura estão na fase conceptual.

É a primeira vez que a Samsung revela produtos concebidos no Creative Lab (C-Lab), um programa de inovação virado para as “ideias criativas” dos colaboradores (à semelhança do que faz a Google, que dá 20% do tempo aos empregados para desenvolverem ideias próprias).

Em comunicado, a fabricante sul-coreana apresenta três destes projetos: um cinto inteligente, WELT, um controlador de realidade virtual, rink, e o TipTalk, que permite ouvir o som dos aparelhos móveis sem auscultadores, bastando tocar com o dedo no ouvido.

O WELT é um wearable virado para a saúde, mas não parece um gadget: é um cinto com um design tradicional para que os consumidores possam usá-lo de forma discreta. Regista o tamanho da cintura da pessoa, os hábitos alimentares, quanto tempo passa sentada e quantos passos dá por dia. Envia depois esses dados para uma aplicação, que os analisa e devolve planos personalizados de perda de peso e melhoria da condição de saúde.

O rink é um pouco mais excêntrico.Trata-se de um controlador para aparelhos de realidade virtual que funciona com os movimento das mãos, e usa-se como uma pulseira que se encaixa na palma. A Samsung não dá muitos pormenores, mas mostra algumas imagens, como aquela que está acima.

A terceira inovação é a TipTalk, que tem o formato de uma bracelete e pode ser usada num de relógio analógico ou inteligente e sincronizada com smartphones para ativar a funcionalidade ‘text-to-speech’. A ideia é que a pessoa só tenha de tocar no ouvido para melhorar o som das chamadas telefónicas, por exemplo num concerto ou num edifício com muito ruído.

De acordo com a Samsung, o C-Lab já ajudou à criação de 100 projetos desde 2012, dos quais 70 foram concluídos e 40 estão a ser desenvolvidos pelas unidades de negócio da empresa. Este ano, nove projetos destacaram-se pelo potencial e foram lançados como startups externas, como é o caso do Innomdle Lab, criado pelo inventor do TipTalk.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor