Samsung leva produção de ecrãs até ao Vietname

Negócios

A Samsung Displays revelou hoje que vai dar início à construção de uma central produção e montagem de ecrãs no Vietname, a sua primeira unidade de produção no país. Este passo deverá custar à subsidiária da Samsung Electronics cerca de de mil milhões de dólares. A empresa especializada no fabrico de ecrãs, de acordo com

A Samsung Displays revelou hoje que vai dar início à construção de uma central produção e montagem de ecrãs no Vietname, a sua primeira unidade de produção no país. Este passo deverá custar à subsidiária da Samsung Electronics cerca de de mil milhões de dólares.

samsung

A empresa especializada no fabrico de ecrãs, de acordo com um porta-voz, intenta começar a produção nas novas instalações no próximo ano, na província vietnamita de Bac Ninh. No entanto, os tipos de ecrãs que serão produzidos e a capacidade de produção são, de momento, pontas soltas.

A Samsung Elecronics, que controla 84,8 por cento da sua subsidiária homónima produtora de ecrãs, tem estado a concentrar os seus esforços na alavancagem da sua capacidade de produção e, consequentemente, da sua influência e força no Vietname, tentando, desta forma, mitigar os custos de produção. Ao mesmo tempo, noutra frente, combate uma competição exponencialmente intensa na esfera dos smartphones, dado que cada vez mais as suas rivais chinesas Huawei e Lenovo têm apostado no desenvolvimento de dispositivos de baixa e média qualidade.

A germinação deste nova central de produção em solo vietnamita vai permitir que a Samsung Displays possa aumentar a sua capacidade de fornecimento de ecrãs à Samsung Electronics, que já fabrica smartphones no país.

Um analista da área dos investimentos na HI, Song Myung-sub, asseverou que as empresas estão determinadas a conseguir cortes nas despesas, o que se refletirá, muito certamente, na redução de todos os custos para a sul-coreana Samsung Electronics.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor