Salesforce estreia-se no setor da Saúde com apps médicas

Software

A Salesforce, uma das empresas pioneiras da computação cloud, está a polir a espada e o escudo, preparando-se para arrebatar a esfera dos Cuidados de Saúde com o lançamento de novos serviços e programas informáticos que visam otimizar a eficiência do setor e mitigar custos. A empresa norte-americana comunicou o embarque numa parceria com a

A Salesforce, uma das empresas pioneiras da computação cloud, está a polir a espada e o escudo, preparando-se para arrebatar a esfera dos Cuidados de Saúde com o lançamento de novos serviços e programas informáticos que visam otimizar a eficiência do setor e mitigar custos.

médico

A empresa norte-americana comunicou o embarque numa parceria com a Philips, líder mundial no setor da tecnologia para a Saúde, que visa o lançamento de de duas aplicações médicas no final deste verão, a Philips eCare Coordinator e a Philips eCare Companion.

A Salesforce afirmou que vê esta parceria com a empresa holandesa como a primeira de muitas que estão para acontecer.

Estas aplicações serão operadas por profissionais médicos, sejam médicos ou enfermeiros, para monitorizarem remotamente os pacientes cronicamente doente entre cada consulta.

O principal objetivo, explicou a Salesforce, é facilitar a recolha e a análise dos dados gerados pelos dispositivos médicos, utilizados frequentemente em contexto doméstico por doentes crónicos.

“Nos Estados Unidos, os fornecedores de cuidados médicos estão a enfrentar exigências cada vez maiores e reduções constantes nos reembolsos”, disse Michael Peachy, diretor sénior de marketing de soluções e produtos na Salesforce, acrescentando que a empresa está determinada a maximizar a eficiência da transmissão de dados dos pacientes para os médicos em tempo real.

Peachy assegurou que os programas da Salesforce estão em conformidade com as normas de segurança e de privacidade impostas pelo Health Insurance Portability and Accountability.

O executivo revelou ainda que nos tempos vindouros a Salesforce quer desenvolver mais aplicações com outros parceiros para, desta forma, possibilitar a monitorização remota de pacientes crónicos por parte dos profissionais de Saúde.

No último ano, a Salesforce e outras suas semelhantes têm vindo a sofrer uma crescente pressão competitiva exercida por startups ou por empresas já bem enraizadas no setor tecnológico, o que obrigou as empresas pioneiras da computação cloud a explorarem novas oportunidades de geração de receitas e de crescimento.

Como tal, em abril, a Salesforce iluminou a sua nova estratégia que visava canalizar os seus esforços para indústrias específicas, sendo uma delas a da Saúde, contratando para liderar este novo plano de operações o antigo diretor de informação do governo norte-americano Vivek Kundra.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor