Sage ajuda empresas a validar preenchimento do SAF-T

EmpresasFinançasNegócios

O Sage E-Audytor é uma nova solução que permite às empresas testarem e validarem a informação do ficheiro SAF-T antes do envio à Autoridade Tributária. Desta forma, os utilizadores podem verificar se todos os dados estão de acordo com as novas regras que entraram em vigor no dia 1 de julho.

A nova solução da Sage foi desenvolvida em parceria com a Petapilot e consiste em uma ferramenta que permite a importação de qualquer ficheiro SAF-T, proveniente de qualquer software, para teste de estrutura.

Além disso, a solução ajuda no preenchimento mensal do ficheiro, incorpora um dashboard de dados de negócio com indicadores financeiros e de vendas para apoiar uma rápida tomada de decisão e simplifica os processos de auditoria interna. 

O Sage E-Audytor está disponível na cloud via browser mas será lançado também em aplicação mobile para que os empresários possam assegurar o correto envio dos dados de faturação a partir de qualquer lugar.

“Nos últimos meses temos trabalhado no desenvolvimento de ferramentas e na atualização das nossas soluções de acordo com esta nova obrigação fiscal, simplificando as tarefas dos nossos clientes no envio mensal desta informação à Autoridade Tributária. O Sage E-Audytor é fruto desse mesmo trabalho, que culmina numa ferramenta conectada e de fácil utilização que vem facilitar mais uma tarefa obrigatória e importante para todas as empresas, garantindo assim que cumprem os novos requisitos legais. Convido todos as empresas a testarem o seu SAF-T no Sage E-Audytor para terem a certeza que cumprem as regras de envio”, explica, em comunicado, Josep María Raventós, Country Manager da empresa em Portugal.

O novo produto surge no momento da entrada em vigor da nova versão do ficheiro SAF-T – o SAFT 1.04_01, que vai obrigar mais de um milhão de empresas em Portugal a atualizar o seu sofware de gestão. O objetivo da Sage é ajudar todos os empresários a garantir que cumprem a legislação em vigor, evitando eventuais coimas.

 


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor