Rui Aguiar eleito para o Comité de Gestão de PTE

EmpresasNegócios

Rui Aguiar, professor da Universidade de Aveiro e investigador do Instituto de Telecomunicações, foi eleito para o Comité de Gestão das Plataformas Tecnológicas Europeias (PTE) Net!Works e ISI (Plataforma Tecnológica Europeia em Comunicações Móveis). De acordo com um comunicado da Carnegie Mellon Portugal, o professor será assim um dos seis membros académicos do organismo na

Rui Aguiar, professor da Universidade de Aveiro e investigador do Instituto de Telecomunicações, foi eleito para o Comité de Gestão das Plataformas Tecnológicas Europeias (PTE) Net!Works e ISI (Plataforma Tecnológica Europeia em Comunicações Móveis).

Rui-Aguiar_investigador-e-professor-da-Universidade-de-AveiroDe acordo com um comunicado da Carnegie Mellon Portugal, o professor será assim um dos seis membros académicos do organismo na liderança da investigação europeia em comunicações móveis durante a próxima década. Segundo Rui Aguiar, o grande desafio da comunidade de investigação é manter o equilíbrio entre a investigação de curto e a de longo prazo.

“Esta nomeação vem permitir que tanto eu, como toda a comunidade científica portuguesa, possamos ter uma posição privilegiada e uma palavra a dizer no processo de definição das linhas de investigação e desenvolvimento para os próximos anos. Isso irá ajudar-nos a focar o nosso trabalho de investigação no caminho certo e mais promissor a médio prazo, que permita também tornar-nos mais competitivos internacionalmente”, declara Rui Aguiar.

“No que respeita à comunidade de investigação será necessário garantir que o equilíbrio entre as universidades e a indústria seja adequado e que as diretrizes estabelecidas não comprometam a investigação no curto prazo. Este é o grande desafio que enfrentamos: obter o equilíbrio entre a investigação de curto e longo prazo, e estou certo que conseguiremos alcançar um equilíbrio saudável que irá manter a nossa investigação competitiva, e com impacto na sociedade do futuro”, acrescenta o investigador.

Rui Aguiar torna-se assim no único académico português a fazer parte do comité europeu envolvido na definição da Agenda Estratégica de Investigação. A AEI será a matriz orientadora para a Associação 5G-PPP, uma parceria público-privada composta por entidades ligadas à investigação na área das Tecnologias da Informação e da Comunicação.

A Associação 5G-PPP vai liderar o desenvolvimento da temática “Advanced 5G Network Infrastructures for Future Internet”, integrado no 8º Programa-Quadro de Investigação e Desenvolvimento da União Europeia (Horizon 2020), e que irá arrancar em 2014 por um período de sete anos, envolvendo um orçamento de 80 mil milhões de euros.

Segundo o comunicado, “o grande objetivo desta área será desenvolver novas soluções tecnológicas, padrões, sistemas, modelos, entre outras arquiteturas, que viabilizem a criação de novas redes de comunicação inteligentes, robustas, de caráter flexível e de baixo custo”.

As Plataformas Tecnológicas Europeias constituem um fórum que integra vários agentes ligados a áreas específicas, reunindo investigadores, empresas e outras partes interessadas no desenvolvimento de trabalhos de investigação e inovação ao nível europeu e nacional.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor