Ricoh eleita parceira oficial da COP21

EmpresasNegóciosProjetos

A Ricoh será a nova parceira oficial da conferência COP21 sobre o clima promovida pelas Nações Unidas. A conferência, que teve início dia 30 de novembro, irá decorrer até dia 11 de dezembro, em Le Bourget, Paris. Segundo a empresa, o evento terá como propósito adotar um novo acordo vinculativo e universal em relação ao objetivo de limitar o aquecimento global a 2°C até ao fim do século. Outro propósito passará por garantir os fundos necessários para permitir aos países em desenvolvimento concretizar a sua transição para uma economia mais amiga do ambiente.

Esta parceria vem demonstrar o compromisso da Ricoh para com o ambiente ao fornecer suporte à organização da 21.ª Conferência das Partes (COP21) da Convenção-Quadro Sobre as Alterações Climáticas. A Ricoh pretende fornecer uma infraestrutura de impressão segura no decorrer da conferência, o que incluirá a implementação de 190 equipamentos, um conjunto de 50 equipamentos remanufaturados GreenLine A3 a cores, 140 multifunções A4 a preto e branco e duas soluções Ricoh de segurança documental – o Streamline NX para a rede da ONU e o ELP NX para a área pública.

A Ricoh faz parte das primeiras empresas japonesas que aderiram ao UN Global Compact em 2000, dirigindo, desde 2008, a rede japonesa do Global Compact. A Ricoh pretende seguir uma abordagem de desenvolvimento sustentável com o objetivo de atingir um equilíbrio entre o planeta, pessoas e lucro. Por forma a atingir este objetivo, o grupo Ricoh tem acompanhado um conjunto de atividades para reduzir o impacto ambiental no planeta causado pela extração de recursos, uso de energia ou libertação de químicos, bem como atividades de proteção da biodiversidade que aumentam a capacidade auto regenerativa da terra. O modelo económico circular (The Comet Circle em 1994) e a gama de produtos GreenLine foram desenvolvidos com isto em mente. Este modelo introduz o conceito de redução do impacto ambiental através do ciclo de vida útil dos produtos. A Ricoh afirma que está empenhada em reduzir o impacto no ambiente em todas as fases da vida útil de um produto sendo que, nesse sentido, tem tentado ajudar os clientes a reduzir, internamente, o impacto associado com a gestão dos seus documentos.

Até 2020, a Ricoh pretende reduzir o total de emissões de CO2 de ciclo de vida útil ao nível de todo o grupo em 30 por cento e em 87,5 por cento até 2050 em comparação com os valores de 2000. No ano fiscal de 2015, que terminou a 31 de março de 2015, a Ricoh registou uma redução de 35,8 por cento.

“O secretariado-geral da COP21 agradece o apoio do grupo Ricoh enquanto parceiro fornecedor de todo o parque de impressão da COP21. A sua abordagem à sustentabilidade, a qualidade dos seus produtos GreenLine e a sua experiência em segurança documental contribuirão significativamente para um funcionamento sem percalços para o cariz exemplar desta conferência” afirma, em comunicado, Philippe Delacroix, embaixador, responsável pelas parcerias público-privadas da organização da COP21.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor