Reveladas intenções da Square para venda de ações

e-Marketinge-PaymentNegócios

A startup de pagamentos mobile norte-americana Square tem estado envolvida em negociações com múltiplas rivais para uma eventual venda, numa altura em que a empresa alveja a restrição do incremento das perdas que tem sofrido. Dados do Wall Street Journal avançam que no início deste ano a Square abordou a Google relativamante a uma possível

A startup de pagamentos mobile norte-americana Square tem estado envolvida em negociações com múltiplas rivais para uma eventual venda, numa altura em que a empresa alveja a restrição do incremento das perdas que tem sofrido.

square pagamentos mobile

Dados do Wall Street Journal avançam que no início deste ano a Square abordou a Google relativamante a uma possível venda, não sendo, no entanto, clarificado se as negociações ainda continuam.

Fundada em 2009 pelo co-criador do Twitter Jack Dorsey, a empresa emergente de pagamentos móveis vai muito possivelmente procurar angariar milhares de milhões de dólares com a sua ida a público.

A Square registou uma perda de cerca de cem milhões de dólares em 2013. O WSJ desvendou que a startup fez já uso de mais de 50 por cento dos cerca de 340 milhões de dólares que conseguiu através de pelo menos quatro vagas de financiamento de capital desde de há cinco anos.

O negócio da Square consiste no fabrico de leitores de cartões de crédito que são implementados em smartphones.

Sabe-se, ainda, que, no passado ano, a empresa esteve imersa em negociações off the record com a Apple e com o PayPal da eBay. No entanto, desconhece-se se, de facto, essas conversas materializaram-se em algo de concreto.

Um porta-voz da Square, contudo, avançou que a startup nunca esteve envolvida em qualquer tipo de negociação com a Google. O PayPal o mesmo disse relativamente à Square, contrariando quaisquer rumores de um negócio de aquisição entre ambas as empresas.

No passado mês de novembro, a Square interpelou várias entidades bancárias, entre elas a Goldman Sachs e a Morgan Stanley, acerca de uma potencial oferta pública inicial, que seria apresentada este ano. Contudo, a esperada IPO foi adiada, indefinidamente.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor