Retalho privilegia colaboradores com experiência digital

Negócios
0 101 Sem Comentários

O retalho digital e a globalização têm um grande impacto no mercado de retalho. Para fazer face a estas mudanças, os retalhistas estão cada vez mais a recrutar candidatos que possam trabalhar em diferentes culturas e combinar negócios online com os modelos de negócios tradicionais.

Segundo o Global Retail Report, elaborado pela Michael Page, no setor de retalho nacional, as médias salariais para quadros médios e superiores variam entre o mínimo de 18 mil euros/ano, para o cargo de chefe de secção, e o máximo de 130 mil euros/ano para os cargos de district manager, area manager e director ou responsável regional.

Para funções de direção, como director de operações ou retail manager, os salários no nosso país podem variar entre os 40 mil e os 110 mil euros/ano. Diz o relatório que a remuneração para diretores de compras ou diretores comercias oscila entre os 55 mil e os 105 mil euros/ano. Já um diretor de unidade de negócio ou chefe de grupo pode auferir entre os 50 mil e os 90 mil euros/ano.

No grupo das funções de compras, cargos como category manager, gestor de produto ou comprador oferecem de 26 mil a 55 mil euros/ano. Os responsável de desenvolvimento ou de expansão podem auferir de 30 mil a 85 mil euros/ano, e os responsável de merchandising de 24 mil a 50 mil euros/ano.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor