Resultados trimestrais da Oracle deixam muito a desejar

CloudEmpresasNegóciosServidores

A Oracle revelou os resultados para o seu terceiro trimestre fiscal, que ficaram longe de agradar aos investidores e refletiram uma queda de cerca de quatro por cento no valor das suas ações. Ontem, a multinacional tecnológica norte-americana comunicou que, no seu terceiro trimestre do ano fiscal, registou-se um ligeiro aumento das vendas e dos

A Oracle revelou os resultados para o seu terceiro trimestre fiscal, que ficaram longe de agradar aos investidores e refletiram uma queda de cerca de quatro por cento no valor das suas ações.

Safra Catz

Ontem, a multinacional tecnológica norte-americana comunicou que, no seu terceiro trimestre do ano fiscal, registou-se um ligeiro aumento das vendas e dos lucros relativamente ao mesmo período do ano anterior. Contudo os resultados financeiros por pouco não atingiram as estimativas dos analistas.

A Oracle declarou que adquiriu um lucro de 2,56 mil milhões de dólares, o que constitui um crescimento de dois por cento face ao ano anterior, e vendas no valor de 9,3 mil milhões de dólares, que representam um incremento de quatro por cento.

A administração da Oracle disse que o aumento registado nas vendas e nos lucros adveio, em parte, do sucesso dos seus produtos baseados em cloud, e disponibilizados através da Internet, e do seu setor comercial de hardware computacional.

Apesar da diretora financeira Safra Catz ter dito que a empresa estava satisfeita com os resultados obtidos para o terceiro trimestre fiscal, o mesmo não dizem os investidores, que viram as ações da Oracle caírem cerca de quatro por cento depois do relatório fiscal ter sido divulgado.

Contudo, a empresa espera que durante o presente trimestre as vendas de novo software e as subscrições de que a Oracle dispõe cresçam entre os dois e os 12 por cento. Estima-se ainda que os resultados do trimestre que decorre alinhem-se com as expectativas dos analistas.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor