Resolução de ano novo de Mark Zuckerberg: um mordomo virtual

Negócios
0 0 Sem Comentários

O fundador e CEO do Facebook pretende desenvolver este ano um sistema de inteligência artificial para controlar a sua casa. É a resolução de ano novo de Mark Zuckerberg, partilhada ontem na sua conta pessoal no Facebook.

“O meu desafio pessoal em 2016 é construir um sistema de inteligência artificial simples para controlar a minha casa e ajudar no meu trabalho. Pensem nisso como uma espécie de Jarvis em ‘Homem de Ferro'”, escreveu o milionário.

No início de cada ano, Zuckerberg escolhe um desafio pessoal para “aprender coisas novas” e sair da zona de conforto no trabalho que faz no Facebook. Nos últimos anos, um dos desafios foi ler dois livros por mês, outro aprender mandarim e outro conhecer uma pessoa nova todos os dias. Este ano, é construir um mordomo virtual, com um tema associado: invenção.

Zuckerberg vai começar por explorar as tecnologias já existentes – assistentes digitais não são coisa nova. Depois de escolher um, irá ensinar-lhe a reconhecer a sua voz para controlar tudo em casa, desde a música às luzes e temperatura ambiente. “Vou ensinar-lhe a abrir a porta a amigos reconhecendo as suas caras quando tocam à campainha. Vou ensinar-lhe a avisar-me de alguma coisa que esteja a acontecer no quarto da Max que tenho de ir ver quando não estou com ela”, detalhou o CEO, referindo-se à filha recém-nascida. “No que toca ao trabalho, vai ajudar-me a visualizar dados usando realidade virtual para me ajudar a desenvolver serviços melhores e a liderar as minhas organizações de forma mais efetiva.”

Zuckerberg pretende programar o seu mordomo virtual sozinho, dizendo que é um “tipo diferente de recompensa” em relação ao trabalho que desenvolve com os engenheiros do Facebook, do Oculus e do Messenger – em que a rede social está a testar funcionalidades de inteligência artificial e tem até um assistente digital, denominado M. “Deverá ser um desafio intelectual divertido.”

 


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor