Remessas mundiais de servidores sobem 1,4%, mas receitas descem 4,1%

Business IntelligenceCloudData-StorageGestão de RedesNegóciosRedesServidores

De acordo com os dados da Gartner, as remessas mundiais de servidores cresceram 1,4% no 1º trimestre deste ano, embora as receitas tenham baixado 4,1% ‘year over year’. No que diz respeito unicamente à região da EMEA, as receitas regressaram ao crescimento nos primeiros três meses de 2014. No 1º trimestre deste ano, todas as

De acordo com os dados da Gartner, as remessas mundiais de servidores cresceram 1,4% no 1º trimestre deste ano, embora as receitas tenham baixado 4,1% ‘year over year’. No que diz respeito unicamente à região da EMEA, as receitas regressaram ao crescimento nos primeiros três meses de 2014.

PRIMEQUEST

No 1º trimestre deste ano, todas as regiões registaram um declínio nas remessas ou nas receitas, com exceção da Ásia/Pacífico, onde as remessas aumentaram 18% e as receitas subiram 3,3%. Na Europa Ocidental as remessas baixaram 4,8%, mas as receitas aumentaram 6,7%.

Os servidores x86 registaram uma subida de 1,7% em unidades e 2,8% em receitas, enquanto o segmento de RISC/Itanium Unix desceu 19,9% em remessas e 16,9% em receitas. A categoria de mainframes apresentou resultados ainda piores, vendo as suas receitas descer 37,6%.

Segundo a Gartner, a HP liderou o mercado mundial de servidores a nível de receitas no trimestre, obtendo 25,5% de quota de mercado (embora tenha descido 2,3% em comparação com o período homólogo do ano anterior). Por sua vez, a Cisco foi a única empresa do top 5 que viu as suas receitas subirem no 1º trimestre de 2014 (uns interessantes 37%).

Na EMEA, a quota de mercado dos maiores fabricantes de servidores por receitas é composta por:

1) HP – 35,9%

2) IBM – 18,6%

3) Dell – 15,5%

4) Fujitsu – 8,9%

5) Oracle – 5,3%


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor