Relação próxima entre CFOs e CIOs é essencial para o sucesso das empresas, diz estudo

FinançasGestãoNegócios

O estudo Modern Finance da Oracle, que teve como base inquéritos a 1.905 decisores financeiros na Europa, Médio Oriente e África, concluiu que uma relação mais próxima entre os responsáveis das áreas de finanças e tecnologia das empresas será crucial para sucesso do negócio.

O documento revela que a maioria dos CFO´s das empresas (58%) está preocupada com as questões externas e acha que os impactos de ordem económica, social e política são mais importantes do que as situações internas das companhias.

No entanto, a grande conclusão do Modern Finance: Driving Transformation from Within é que 73% dos inquiridos acha que um maior alinhamento entre CFOs e CIOs é crítico para o sucesso da transformação financeira das suas empresas.

As principais conclusões do estudo são as seguintes:

  • Perto de 40% dos responsáveis financeiros admite que os departamentos financeiros são cada vez mais relevantes para o sucesso dos negócios das suas empresas
  • 45% admite que os responsáveis financeiros estão sob forte pressão para aumentarem a produtividade
  • 44% afirma que a sua empresa está cada vez mais focada no crescimento do negócio
  • 41% afirma que lhes está a ser pedido para reduzirem os custos operacionais

“Os atuais sistemas financeiros, que durante anos foram fortemente customizados, estão a atingir o seu ponto de rutura. Muitas empresas elegeram como principais objetivos das suas agendas corporativas: repensar as estratégias para se posicionarem à frente de uma concorrência crescente; acelerar a inovação; adaptação mais rápida à mudança. O papel da área financeira é assegurar que estas metas são alcançadas,” afirmou Loïc Le Guisquet, Presidente da Oracle, para quem “ao invés de adicionarem complexidade aos sistemas que já tão sobrecarregados, as empresas começam a compreender a vantagem de correrem as suas aplicações financeiras na cloud e de as poderem configurar para responderem às suas necessidades. Enquanto centro nevrálgico da empresa, o departamento financeiro está no coração de todos estes relacionamentos. Os CFOs e as suas equipas, porque têm uma visão única das suas empresas – pela abrangência, podem dar um contributo fundamental para a visão de futuro das suas administrações.”

Os decisores financeiros estão ainda preocupados com a complexidade dos seus sistemas atuais, muito customizados e pouco flexíveis, e 54% acha que os mesmos não vão corresponder às necessidades das organizações num futuro próximo. Por outro lado, 74% acha que a a utilização de software financeiro na cloud é imperativo para que a digitalização do negócio seja realizada com sucesso e seja possível inovar mais rapidamente.

Mas como o ser humano é, por natureza, resistente à mudança, este não será um processo fácil até porque as aplicações baseadas na nuvem ainda são vistas com desconfiança por 69% dos decisores enquanto que 37% não consegue quantificar qual será o Retorno do Investimento em caso de mudança.

“A transformação digital de uma empresa implica níveis de colaboração mais elevados entre cada um dos departamentos da empresa, desde o Marketing até aos Recursos Humanos. Para tal, é preciso primeiro do que tudo alcançar um maior alinhamento entre os vários responsáveis pelas linhas de negócio, e cuja abordagem ao trabalho se irá refletir em toda a empresa,” afirma Hugo Abreu, Country Leader da Oracle Portugal.

 


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor