Receitas da Esprinet sobem 2% na Ibéria

GestãoNegóciosResultados

A Esprinet anunciou os seus resultados correspondentes ao 1º trimestre de 2014, que terminou a 31 de Março, tendo obtido um volume de vendas superior a 522,6 milhões de euros a nível global, mais 6% do que os 492,5 milhões verificados no mesmo período do ano passado. Na Península Ibérica, o crescimento foi de 2%.

A Esprinet anunciou os seus resultados correspondentes ao 1º trimestre de 2014, que terminou a 31 de Março, tendo obtido um volume de vendas superior a 522,6 milhões de euros a nível global, mais 6% do que os 492,5 milhões verificados no mesmo período do ano passado. Na Península Ibérica, o crescimento foi de 2%.

ESPRINET

Fazendo uma análise geográfica, constata-se que a Esprinet Ibérica foi responsável por receitas de 119,4 milhões de euros. Já a sucursal italiana obteve 413 milhões de receitas.

Neste primeiro trimestre, destaque-se a conclusão do processo de venda da subsidiária Monclick por 4 milhões de euros. Com este negócio, a Esprinet pretende focar-se ainda mais no negócio de distribuição de tecnologia. Esta estratégia fez igualmente com que a Esprinet avançasse para a aquisição de 60% do capital da Celly, uma empresa italiana especializada na distribuição de acessórios para dispositivos móveis.

Para a totalidade do ano, a Esprinet estima conseguir alcançar resultados relevantes em termos de crescimento de receitas, embora anteveja pressão sobre as margens brutas.

Além disso, o distribuidor italiano irá agora concentrar esforços em integrar a Celly no Grupo para conseguir aproveitar na plenitude as oportunidades de cross selling e melhorar as vendas relativas a acessórios para dispositivos móveis.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor