Quidgest celebra sete anos de presença no mercado moçambicano

GestãoProjetos

A Quidgest celebra hoje o seu sétimo aniversário em Moçambique, onde, desde 2009, tem vindo a desenvolver diversos projetos relacionados com a Administração Pública. A empresa continua a apostar no desenvolvimento da economia e cidadania locais, através da transferência de tecnologia, parcerias e criação de emprego.

O primeiro projeto da empresa, criada em 2008, surgiu no âmbito da implementação de uma solução de Planeamento Urbanístico, Gestão e Administração Territorial, no Conselho Municipal de Maputo, financiada pelo Banco Mundial (SIGEM). Atualmente, o sistema permite ao Município centralizar toda a informação relacionada com a gestão da propriedade e uso (DUAT) e a gestão de ativos sob a sua jurisdição.

A empresa tecnológica multinacional de origem portuguesa implementou ainda um Sistema de Informação de Registo Predial com uma dimensão nacional, bem como uma base de dados centralizada num sistema único, em substituição dos atuais registos em papel.

Complementarmente a este projeto, que teve a contribuição de Carlos Marques, sócio-gerente da Quidgest Software Plant, a empresa tem desenvolvido outras iniciativas como seminários e conferências gratuitas para a formação de gestores de topo e quadros das organizações moçambicanas em diversas áreas de conhecimento, tais como Gestão Estratégica, Gestão Documental e Gestão de Recursos Humanos.

Carlos Marques refere, em comunicado que “Investir na capacitação e integração de jovens quadros e na transferência de tecnologia para manutenção e evolução das soluções instaladas bem como na procura de novos projetos e desafios, é a aposta da empresa a médio e longo prazo”. O responsável acrescenta ainda que “Moçambique é um país com inúmeras potencialidades não só pela sua proximidade linguística e legislativa com Portugal, como pela adesão das instituições públicas e das empresas às tecnologias mais recentes”.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor