Qakbot voltou e já afetou pelo menos 20 mil computadores

Segurança

A equipa da AnubisNetworks, através dos seus sistemas de deteção de ameaças, identificou em Dezembro o reaparecimento do Qakbot, um botnet que surgiu em 2011 para extorquir informações de contas bancárias online. Entre 2009 e 2011, o Qakbot infetou mais de 200 mil computador. Desde essa altura, e com as empresas a conterem as infeções,

A equipa da AnubisNetworks, através dos seus sistemas de deteção de ameaças, identificou em Dezembro o reaparecimento do Qakbot, um botnet que surgiu em 2011 para extorquir informações de contas bancárias online.

segurançaEntre 2009 e 2011, o Qakbot infetou mais de 200 mil computador. Desde essa altura, e com as empresas a conterem as infeções, o Qakbot desapareceu do “radar de segurança”.

Segundo o resultado da análise feita pela AnubisNetworks, desde o seu reaparecimento, já foram infetados por esta botnet pelo menos 20 mil computadores, na sua maioria em solo americano, o que pode ser um indicador que o malware ainda tem como objetivo infetar dispositivos que as pessoas utilizam para aceder aos serviços das entidades bancárias.

Os criadores deste botnet não estão apenas a controlar 20 mil computadores infetados, como também atualizaram o protocolo C&C e estão a criar novas versões de malware.

É importante ter em conta que, por detrás destes computadores infetados, estão pessoas e empresas que correm riscos de perdas financeiras com este botnet. A AnubisNetworks espera que os dados fornecidos em tempo real pelo Cyberfeed “ajudem a comunidade na luta contra o Qakbot”.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor