Publicações espanholas querem Google de volta

Negócios

Bastaram algumas horas para que houvesse reclamações quanto à decisão do governo espanhol, em relação ao fecho do serviço agregador de notícias do Google.   A AEDE, a Associação de Editores de Diários Espanhóis já pediu ao governo que reative o serviço. De acordo com a Associação, o Google é demasiado dominante no mercado, para

Bastaram algumas horas para que houvesse reclamações quanto à decisão do governo espanhol, em relação ao fecho do serviço agregador de notícias do Google.

jornais espanha

 

A AEDE, a Associação de Editores de Diários Espanhóis já pediu ao governo que reative o serviço. De acordo com a Associação, o Google é demasiado dominante no mercado, para que simplesmente seja obrigado a abandoná-lo.

Para além disso, prevêem também um impacto negativo, tanto para os negócios quanto para o público.

A Associação insiste que é necessário negociar, para que o Google News se mantenha no mercado, mas que ainda assim teme que a empresa se recuse a assumir uma posição neutra.

A relação entre editores de jornais e o Google é complexa. Por um lado, os jornais defendem que devem ser recompensados, algo que não agrada ao Google. Por outro, querem também que o agregador de notícias exista, pois é uma fonte garantida de visitas. Será possível encontrar uma solução que agrade a ambas as partes?


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor