PT Portugal na mira da coligação CTT/Altice

NegóciosOperadoresRedes

Os CTT anunciaram hoje a celebração de um Memorando de Entendimento com a operadora francesa Altice, que visa a conceção de uma proposta conjunta de aquisição dos ativos portugueses da PT. O acordo de parceria estipula que, caso a Altice consiga, com efeito, deitar a mão à PT Portugal, os CTT embolsarão, primeiramente, 15 milhões

Os CTT anunciaram hoje a celebração de um Memorando de Entendimento com a operadora francesa Altice, que visa a conceção de uma proposta conjunta de aquisição dos ativos portugueses da PT.

pt portugal

O acordo de parceria estipula que, caso a Altice consiga, com efeito, deitar a mão à PT Portugal, os CTT embolsarão, primeiramente, 15 milhões de euros, aos quais serão adicionados outros 15 milhões caso se venha a verificar a materialização de uma cooperação entre a entidade de serviços postais e a operadora portuguesa.

Os valores avançados pelos CTT em comunicado poderão ser alvo de incremento, na eventualidade da expansão da “parceria comercial e estratégica” com a empresa liderada por Armando Almeida.

Depois de no passado dia dois de novembro a Altice ter lançado uma OPA de sete mil milhões de euros sobre os ativos da PT Portugal, o mercado susteve a respiração, enquanto a Oi, a sete chaves, discutia a proposta.

Os CTT já haviam demonstrado o seu interesse no estabelecimento de sinergias com empresas do setor das telecomunicações – incluindo a PT Portugal -, reconhecendo a existência de vantajosas oportunidades de negócio.

Depois de, em comunicado, a Altice ter avançado que a parceria com os CTT deverá gerar valor significativo para ambas as partes, a operadora afirmou que a união de forças focar-se-á, maioritariamente, na co-distribuição de serviços e produtos de telecomunicação e no desenvolvimento de novas parcerias de negócio, estratégia que deverá atender ao crescimento notório do comércio eletrónico em Portugal.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor