Programa PT Blue Start promove startups

EmpresasNegóciosStartup

A Portugal Telecom pretende promover o desenvolvimento das novas empresas de tecnologia. Com esse objetivo, criou o programa PT Blue Start que ajuda as startups do país e do mundo. A ideia da criação do Blue Start surgiu quando, no final de 2012, a Portugal Telecom chegou à conclusão de que as parcerias que tinha

A Portugal Telecom pretende promover o desenvolvimento das novas empresas de tecnologia. Com esse objetivo, criou o programa PT Blue Start que ajuda as startups do país e do mundo.

startupA ideia da criação do Blue Start surgiu quando, no final de 2012, a Portugal Telecom chegou à conclusão de que as parcerias que tinha com startups portuguesas eram já bastante extensas e procedeu a um levantamento dessas startups que estavam a trabalhar com a PT. O programa é um projeto que tem em vista o crescimento e a promoção das empresas parceiras nos mercados nacional e internacional. “Queremos ajudar a complementar as startups”, refere Alexandre Teixeira dos Santos, coordenador do Blue Start. O objetivo da Portugal Telecom passa por “profissionalizar” o modo como se relaciona com estas novas empresas.

Algumas das entidades que irão ajudar a promover as empresas que já estão no mercado ou que podem aparecer brevemente são a Startup Lisboa, a Beta-i, a Parkurbis e a i-Start. O Blue Start vai ter três níveis de acolhimento: um primeiro nível para projetos recém-criados, outro para acelerar o crescimento e um último para acelerar a promoção. Dependendo de cada nível, as empresas podem receber apoios a nível tecnológico, a nível de espaço de trabalho, a nível de marketing e de planos de negócio. A PT vai ter em conta alguns aspetos para a candidatura das startups ao Blue Start, como o valor do projeto num todo e o valor que a PT poderá vir a retirar desse conceito. A Portugal Telecom vai ainda utilizar a parceria com as startups para receber feedback em primeira mão de algumas das soluções criadas para empresas.

Alexandre Teixeira dos Santos revelou que o Blue Start vai ter presenças em eventos e júris de competições de empreendedorismo. O programa está também recetivo a candidaturas espontâneas que podem ser submetidas na página oficial da iniciativa.

A Biodroid, CardMobili, Mobitto, Foodzai, Wizdee e Betapp são já alguns nomes conhecidos que fazem parte do Blue Start. Na passada sexta-feira, o programa foi até à cidade de Aveiro para estabelecer contactos com a InovaRia.

Este projeto da Portugal Telecom pretende ter uma vertente de plano pós-académico onde incentivam projetos criados nas universidades a prosseguirem e a converterem-se em empresas.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor