Problema técnico está na raíz da suspensão temporária da Bolsa de Nova Iorque

Negócios

Suspeita-se que a interrupção das negociações que afetou ontem a Bolsa de Nova Iorque (NYSE) tenha sido causada por uma atualização de software que não correu como esperado. O mercado de ações esteve suspenso durante três horas mas já está operacional.

Fontes próximas do assunto disseram à Bloomberg que a Bolsa nova-iorquina terá agora de investigar a fundo o incidente e apresentar as suas conclusões à Comissão de Valores Mobiliários (SEC) dos Estados Unidos. Posteriormente, a autoridade reguladora averiguará a dimensão exata da quebra.

A agência noticiosa relata que a ocorrência coloca a SEC sobre pressão para assegurar que os sistemas são seguros, tendo em consideração que esta não é a primeira falha do género. Em 2013, o mercado de ações Nasdaq foi obrigado a parar as negociações devido a problemas informáticos.

A NYSE afirmou que a interrupção deveu-se a um problema técnico interno e que não foi fruto de nenhuma espécie de ataque cibernético.

Apesar de a bolsa de valores de Nova Iorque ter ficado incapacitada, as ações continuaram a ser negociadas noutras plataformas, como a Nasdaq Stock Market e Bats Global Markets.

A interrupção aconteceu cerca de quatro meses antes de as novas regras da SEC entrarem em vigor, mediante as quais os mercados de ações serão responsabilizados pelas falhas que ocorrerem nas respetivas plataformas informáticas.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor