Príncipe Alwaleed bin Talal não quer Dorsey na direção do Twitter

Negócios

O príncipe saudita Alwaleed bin Talal, multimilionário e acionista do Twitter, considera que o CEO interino da empresa de microblogging, Jack Dorsey, não deve ocupar permanentemente o cargo. O empresário diz que Dorsey tem responsabilidades de sobra e que o novo líder do Twitter tem de dedicar corpo e alma à empresa. No passado dia 11

O príncipe saudita Alwaleed bin Talal, multimilionário e acionista do Twitter, considera que o CEO interino da empresa de microblogging, Jack Dorsey, não deve ocupar permanentemente o cargo. O empresário diz que Dorsey tem responsabilidades de sobra e que o novo líder do Twitter tem de dedicar corpo e alma à empresa.

Alwaleed bin Talal twitter

No passado dia 11 de junho, foi anunciado que o diretor executivo Dick Costolo abandonaria o comando do Twitter no dia um de julho. Até que seja encontrado um sucessor, Jack Dorsey, fundador da empresa e CEO da mesma entre 2006 e 2008, assumirá as responsabilidades de Costolo.

Apesar de ser uma condição temporária, Alwaleed bin Talal, que se estreou como investidor do Twitter em 2011 com 300 milhões de dólares, acredita que Dorsey tem outras responsabilidades que exigem grande parte da sua atenção, e, numa altura como esta, o Twitter precisa que o seu novo líder se entregue por completo. Dorsey é cofundador e CEO da Square, uma empresa do setor dos pagamentos através de dispositivos móveis.

Numa entrevista ao Financial Times, o príncipe saudita disse que o sucessor de Costolo terá de ser apaixonado pela tecnologia, ser capaz de desenhar planos de negócio orientados para os investidores e estar dotado das necessárias capacidades de marketing para fazer crescer a empresa.

Em declarações à Reuters, Dosey disse que não fazia quaisquer tenções de voltar a ocupar permanentemente a cadeira de CEO do Twitter e que a procura por um novo líder ainda agora começara. A agência diz, no entanto, que o executivo não recusava a possibilidade de vir a recuperar o leme da empresa.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor