Primavera esclarece organismos públicos sobre SNC-AP

ProjetosSetor Público
0 0 Sem Comentários

A Primavera BSS vai reunir os principais especialistas nacionais sobre o SNC-AP – Sistema de Normalização Contabilística para as Administrações Públicas, um normativo que irá impor novas regras na gestão dos organismos públicos a partir de janeiro de 2017, na próxima segunda-feira.

O evento “Novo SNC-AP: No caminho da convergência” irá decorrer no Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas (ISCSP), em Lisboa. A intenção é proporcionar aos participantes “um conhecimento profundo” das novas regras, que vão estabelecer normas comuns a todas as entidades que gerem verbas públicas. 

O SNC-AP, publicado em Diário da República a 11 de setembro de 2015 pelo Decreto-Lei n.º 192/2015, terá implicações nos processos diários de gestão das instituições. Este normativo tem como objetivo aumentar a transparência e o rigor na gestão e na prestação de contas e alinhar as regras contabilísticas com o sistema vigente nas empresas do sector privado a nível internacional.

A sessão da Primavera terá intervenções de especialistas no tema, como o coordenador do Comité de Normalização Contabilística Pública, Oscar Figueiredo e o diretor de serviços na Direção-Geral do Orçamento, Alberto Nunes. Contará ainda com o testemunho de entidades piloto que já estão a implementar as novas regras e especialistas da Primavera, conhecedores quer das regras do POCP e respetivos planos sectoriais, quer das novas normas que entrarão em vigor no início do próximo ano.

Esta sessão é de entrada livre e destina-se aos gestores de organismos públicos e responsáveis pela gestão contabilística destes organismos. “Os organismos públicos estão perante uma grande transformação nos seus processos de gestão e nós queremos apoiá-los nessa transição, colocando ao seu dispor o conhecimento que temos quer da Administração Pública, quer do SNC, quer do SNC-AP”, refere Ângela Brandão, vice-presidente da Primavera BSS (na foto). “Temos já uma equipa de especialistas dedicada exclusivamente a este processo, preparada para apoiar as instituições nesta transição.”

Os interessados em participar nesta sessão deverão efetuar a sua inscrição através da página do evento.

A tecnológica reforçou este ano a sua aposta no sector público, através da spin-off Primavera Public Services, para dar resposta às necessidades particulares do ecossistema da Administração Pública.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor