Prevenção de ameaças moderna [com vídeo]

Segurança

Num minuto na Internet são colocados 1,9 milhões de “likes”, são vistas mais de 92 mil horas de vídeo no Youtube e são feitos o upload de perto de 700 mil ficheiros no Dropbox. A Web evoluiu como um vetor de ataque onde os sites estão comprometidos para espalhar malware, as aplicações podem representar um

Num minuto na Internet são colocados 1,9 milhões de “likes”, são vistas mais de 92 mil horas de vídeo no Youtube e são feitos o upload de perto de 700 mil ficheiros no Dropbox. A Web evoluiu como um vetor de ataque onde os sites estão comprometidos para espalhar malware, as aplicações podem representar um risco de segurança, dados sensíveis podem ser perdidos e as redes sociais são usados em ataques. Uma nova abordagem é necessária.

Imagem NotíciaUma segurança Web multi-camadas é necessária. É esta a perspetiva da Check Point e que foi apresentada na conferência “Segurança em Sistemas de Informação”. O Check Point’s Next Generation Secure Web Gateway quer bloquear o acesso a sites maliciosos, prevenir os downloads maliciosos, bloquear o uso de aplicações perigosas e educar e envolver os utilizadores, é uma aproximação às novas necessidades das empresas.

Vários sites legítimos estão comprometidos para espalhar malware mas “a Web é mais do que URLs”. Em 61 por cento das organizações, aplicações de P2P File sharing são usadas, que é fortemente usado para espalhar malware, abre back doors para a rede e é uma propensão legal para downloads ilegais. Não se pode olhar “apenas para a lâmpada, é preciso controlar todos os aspetos da Web”, sejam URLs ou aplicações não baseadas em URL. 80 por cento das organizações usam aplicações de file storage. A investigação da Dropbox mostrou que usernames e passwords tinham sido roubadas para entrar nas contas.

O perigo muitas vezes vem das redes sociais. No entanto, não se pode bloquear estas redes sociais, uma vez que o Facebook, por exemplo, é uma forma de estar em contacto com os consumidores, parceiros e colegas ou saber as recentes novidades da indústria. É preciso “ensinar” a não correr riscos. “Uma criança não aceita doces de estranhos” porque assim foi educada.

O Check Point’s Next Gen Secure Web Gateway é uma forma fácil de educar os utilizadores finais. Monitoriza, analisa e reporta, que é uma parte crítica da segurança na Web, dando detalhes da atividade do utilizador.

Na sua apresentação, Rui Duro, Sales Manager na Check Point Portugal, referiu que é bastante fácil “atacar a empresa vizinha” nos dias de hoje. “É fácil encontrar sites que fazem exploits à medida, tudo tem um preço e tudo tem um custo e dessa forma conseguirmos atacar as empresas vizinhas”. Para se proteger, é essencial que as empresas tenham processos de segurança, definindo o que se quer proteger.

Teste os seus conhecimentos em segurança. Responda ao nosso Quiz. Aqui


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor