Presidente do Google prevê fim da internet como a conhecemos

Mobilidade

O presidente do Google, Eric Schmidt, anunciou o fim da internet tal como a conhecemos. A declaração foi feita numa conferência em Davos, na Suíça.   A ideia não é que a internet acabe definitivamente mas sim que o modelo através do qual existe, nos dias de hoje, deixará de fazer sentido e por isso,

O presidente do Google, Eric Schmidt, anunciou o fim da internet tal como a conhecemos. A declaração foi feita numa conferência em Davos, na Suíça.

eric-schmidt

 

A ideia não é que a internet acabe definitivamente mas sim que o modelo através do qual existe, nos dias de hoje, deixará de fazer sentido e por isso, acabará por desaparecer. A previsão foi feita por Eric Schmidt no Fórum Económico Mundial realizado na Suíça.

As declarações surgiram depois de ter sido questionado sobre qual o caminho que a rede global está a tomar. Schimdt explicou que a tendência é que os dispositivos se tornem mais inteligentes e personalizáveis devido à crescente possibilidade de conexão.

Este acontecimento, que parece ser inevitável, ditará o fim da internet já que a interação se tornará parte integrante das nossas vidas sem mesmo darmos por ela, tornando antiquado o conceito atual de internet. O presidente do Google disse mesmo que “haverá tantos endereços IP, tantos dispositivos, tantos sensores nas coisas que nós vestimos, nos eletrodomésticos, nas coisas do dia-a-dia, que o acesso à internet feito maioritariamente por um computador pessoal vai ficar na história. O novo sistema estará presente o tempo todo”.

Para exemplificar essa realidade, descreveu um quadro dinâmico em que todos os objetos possibilitam interação e em que o utilizador funde-se, de alguma forma, com o cenário.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor