Portugueses são grandes consumidores de conteúdos online

Mobilidade

Um estudo revelou que Portugal é dos países europeus que mais consome conteúdos através de serviços de streaming. Os dispositivos móveis e as televisões têm uma penetração quase total nos lares dos portugueses que olham já para estes aparelhos como necessidades incontornáveis.

Intitulada Technomic Index 2015, a investigação foi conduzida pela Samsung e demonstrou que as casas dos portugueses estão cada vez mais tecnológicas, com uma média de duas televisões e pelo menos um tablet em cada uma. Os telemóveis e as televisões têm uma penetração de 99 por cento em Portugal.

Este ano, 82 por cento dos portugueses assistiu a conteúdos de TV, vídeos e filmes online, face à média europeia de 72 por cento. Por outro lado, no mesmo período, 78 por cento consumiu músicas através de serviços de streaming, contra uma média de 66 por cento registada a nível europeu. No que diz respeito aos meios de informação, 66 por cento dos portugueses acedeu a jornais e revistas online, comparativamente à média europeia de 56 por cento.

Cerca de 30 por cento dos portugueses realiza diariamente streaming de TV, filmes e vídeos, 21 por cento ouve músicas, todos os dias, diretamente na Internet e 39 por cento consome conteúdos de revistas e livros digitais numa base semanal ou mais frequente.

“Hoje, as nossas casas são o centro do nosso universo cultural pessoal”, comenta Inês Costa, da unidade Consumer and Marketing Insights da Samsung Portugal. “O crescimento exponencial de media digital, a disponibilidade de conteúdo com maior qualidade e um maior número de equipamentos são argumentos de peso que abrem novas possibilidades. O aumento no nível de conectividade global significa que estamos neste momento a viver um período de mudanças sem precedentes”.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor