Portugal perde lugares no ranking sobre impacto da Internet no desenvolvimento

e-Marketing

Portugal perdeu posições na 2ª edição do Web Index, ranking que mede o impacto da Internet no desenvolvimento. Os resultados foram divulgados pela Fundação World Wide. O nosso país encontra-se agora no 23º lugar da análise que avalia o impacto da utilização da Internet e dos serviços online na realidade de cada país em vários

Portugal perdeu posições na 2ª edição do Web Index, ranking que mede o impacto da Internet no desenvolvimento. Os resultados foram divulgados pela Fundação World Wide.

img_bigpicture1O nosso país encontra-se agora no 23º lugar da análise que avalia o impacto da utilização da Internet e dos serviços online na realidade de cada país em vários domínios para 81 países. Portugal desceu seis lugares relativamente à edição de estreia do estudo.

Crescimento, liberdade e utilidade da Internet são os critérios considerados nesta análise. Os melhores resultados obtidos por Portugal posicionam-se no domínio da abertura e liberdade na Internet, ou do acesso universal.

Apesar de ter caído seis posições entre 2012 e este ano, a pontuação final de Portugal no ranking em 2013 é igual à obtida na edição passada.

No topo da tabela está a Suécia, que mantém a posição que ocupava no ano passado. Em segundo lugar vem a Noruega e logo a seguir o Reino Unido, garantindo os primeiros lugares para países europeus.

O estudo conclui que o poder da Internet e das redes sociais na disseminação de informação crítica para procurar justiça e divulgar ofensas de direitos está a crescer. Outra das conclusões é que são cada vez mais comuns as ações de vigilância e censura na Internet que ameaçam os direitos da democracia e desrespeitam os direitos de privacidade e liberdade de expressão.

Este estudo conclui também que em 94 por cento dos países analisados, as atividades de monitorização de comunicações eletrónicas não são controladas.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor