Portugal e Luxemburgo reforçam colaboração para financiamento de projetos de investigação

InovaçãoInvestigação

Ontem os representantes do Fundo Nacional de Investigação do Luxemburgo (FNR) e da Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT) assinaram, na presença dos Chefes do Governo de Portugal, António Costa, e do Grão-Ducado, Xavier Bettel, um Memorando de Entendimento para reforçar a cooperação bilateral com componentes científicas entre os dois países.

Este acordo fomenta a colaboração entre as duas instituições para o financiamento de projetos de investigação conjuntos, reconhecendo as vantagens para a investigação científica quando desenvolvida em cooperação internacional. Através deste Memorando, as equipas de investigação de ambos os países poderão desenvolver os seus projetos nos domínios de Ciências dos Materiais, Ciências Biomédicas e da Saúde, Gestão de Recursos Sustentáveis, Inovação em Serviços e Desafios Societários. A FNR e a FCT procederão ao financiamento dos componentes luxemburgueses e portugueses das candidaturas aprovadas, respetivamente, e de acordo com as práticas financeiras de cada instituição.

Em declarações durante a cerimónia de assinatura, Marc Schiltz, Secretário-Geral da FNR, realçou que a FNR está muito feliz por apoiar investigadores luxemburgueses que se encontram a trabalhar em parceria com reputados cientistas de Portugal. Os fortes laços que unem os dois países há décadas serão assim estendidos aos domínios da ciência e da investigação, por exemplo, na área da tecnologia espacial, onde ambos os países veem grande potencial.

Paulo Ferrão, Presidente do Conselho Diretivo da FCT, destacou a importância deste acordo para continuar a apoiar a investigação conjunta entre Portugal e Luxemburgo, e a oferecer às equipas de investigação de dois países com importantes relações socioeconómicas a possibilidade de estreitar laços.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor