Portugal deverá atingir 3 mil milhões de euros em gastos online até 2018

Negócios
0 14 Sem Comentários

O facto de Portugal dever totalizar gastos online de 3 mil milhões de euros até 2018 dá direito a sermos considerados os líderes mundiais em compras transfronteiriças, pelo menos segundo a PayPal.

Segundo o Estudo PayPal sobre Consumidores Transfronteiriços 2016, 70% de todos os portugueses adultos e com acesso à Internet fez compras online nos últimos 12 meses.

O estudo global do PayPal e Ipsos investigou os hábitos de consumo online domésticos e transfronteiriços de mais de 28 mil consumidores em 32 países.

E, segundo a empresa, isto parece ser uma tendência em ascensão, já que se prevê que os gastos totais em compras online cresçam até aos 2,65 mil milhões de euros em 2017 atingindo quase 3 mil milhões de euros (2,95 mil milhões) em 2018.

De acordo com este inquérito, 70% dos adultos com acesso a Internet admitiu ter feito compras online nos últimos 12 meses. Contudo, o estudo revela ainda oportunidades em crescimento para e-commerce, na medida em que 40% destes adultos afirmam que irão aumentar os seus gastos online nos próximos 12 meses.

Quando inquiridos sobre o motivo para isso, a principal razão apontada é a conveniência das compras online (escolhida por 75% daqueles que acham que os seus gastos irão aumentar). Outros fatores são “pretendo poupar dinheiro” (selecionada por 28%); “alterações no rendimento disponível” (25%) e preverem que os envios se tornem mais baratos (23%) e rápidos (18%).

 


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor