Portugal com reduzido orçamento para as TI

Negócios

Portugal foi dos países que menos investiu em tecnologia o ano passado, diz um relatório da Claranet. Ao contrário da vizinha Espanha que esteve entre o lote dos que mais orçamento despenderam para as TI.

Portugal não foi um grande investidor na área das TI durante 2016. Um relatório da Claranet avança que em território nacional as empresas apenas aumentaram o seu orçamento para as Tecnologias de Informação em 2%, face a 2015.

Na verdade, 44% das empresas portuguesas ou manteve ou mesmo reduziu o seu orçamento.

No oposto, vem a vizinha Espanha que compõe o lote dos países que verificaram um maior aumento no seu orçamento, com uma cifra de 6%.

O último Claranet Research Report,  da responsabilidade da consultora Vanson Bourne, desvenda que praticamente todas as empresas do velho continente (94 em cada 100) aumentaram os seus investimentos em TI en 2016. 

E o que vai acontecer durante este 2017 que acaba de começar? Espanha volta a liderar. Ali ao lado espera-se alcançar um crescimento de 7% em relação ao aumento do orçamento de 5%, em média, que espera a maioria dos países europeus.

Portugal novamente, além do Reino Unido, voltam a ser os locais onde não haverá efetivamente aumentos de orçamento ao longo do ano.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor