Pode existir comprador para a parte da PT na Timor Telecom

NegóciosOperadoresRedes

Como foi avançado pela agência Lusa, a Oi e a PT enviaram uma carta ao governo timorense, onde informam que existe um comprador interessado em adquirir a participação da PT na Timor Telecom. A carta foi enviada diretamente a Xanana Gusmão, primeiro-ministro timorense, e para os gabinetes de Pedro Lay, ministro dos Transportes e das

Como foi avançado pela agência Lusa, a Oi e a PT enviaram uma carta ao governo timorense, onde informam que existe um comprador interessado em adquirir a participação da PT na Timor Telecom.

dili-saturday-30

A carta foi enviada diretamente a Xanana Gusmão, primeiro-ministro timorense, e para os gabinetes de Pedro Lay, ministro dos Transportes e das Telecomunicações, e da ministra das Finanças timorense, Emília Pires. No entanto, a Oi e a PT não identificaram o comprador que estará interessado na compra, como contaram fontes do gabinete de Pedro Lay à Lusa.

Ainda de acordo com estas fontes, esta poderá ser uma estratégia com o intuito de levar o Governo de Timor a comprar a participação da PT na Timor Telecom.

Por agora, o governo de Timor ainda não tomou uma decisão. Muito porque tanto Pedro Lay e Emília Pires estão no rol de ministros que vão sair do governo timorense, no final deste mês, depois da remodelação do executivo, como disseram fontes à Lusa.

A PT tem participações diretas e indiretas na Timor Telecom: as primeiras valem 3,05 por cento do capital da empresa e as segundas, 41,05 por cento, controlados através da Telecomunicações Públicas de Timor.

Já havia sido noticiado que o empresário timorense Julia Alfaro poderia ampliar a sua participação na Timor Telecom, no cenário de a PT querer vender a sua participação na empresa, caso o governo timorense assumisse o controlo da TT.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor