PME do norte de África viram-se para cloud e virtualização

CloudNegóciosVirtualização

De acordo com analistas da IDC, o mercado para serviços cloud no norte de África irá crescer em 2014, com um aumento da disponibilidade de largura de banda de baixa latência e um aumento do uso de serviços cloud no setor das pequenas e médias empresas (PME). Ouafa Kathir, country manager da IDC para o

De acordo com analistas da IDC, o mercado para serviços cloud no norte de África irá crescer em 2014, com um aumento da disponibilidade de largura de banda de baixa latência e um aumento do uso de serviços cloud no setor das pequenas e médias empresas (PME).

cloudcomputing_increasedfunctionalityOuafa Kathir, country manager da IDC para o norte e países de língua francesa em África, afirma que “estas empresas procuram expandir as suas infraestruturas de TI em linha com as necessidades do crescimento do negócio, a implementação de virtualização no seu servidor, destkop e componentes de armazenamento vão permitir aos managers de TI escalar rapidamente com gastos em despesas baixos”.

O setor das TIC no norte de África é considerado por muitos dos mais estabelecidos fornecedores cloud como uma oportunidade a longo prazo. Os países na região enfrentam dificuldades que vão desde a falta de qualidade de TI, falta de infraestruturas de telecomunicações robustas e a instabilidade política, que tem sido a principal dificuldade para o crescimento de serviços cloud a curto prazo.

Ainda assim, o gasto em serviços cloud na região MENA irão crescer 13 por cento anualmente até 2016.

Kathir explica que os fornecedores vão aumentar o seu investimento na região e com acesso a melhorias de Internet com uma maior rapidez, mais PME vão procurar tirar vantagem dos custos e benefícios da escalabilidade em serviços cloud.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor