Peru é o próximo destino da PHC

EmpresasNegócios

A PHC vai investir cerca de um milhões de euros no mercado peruano, ao longo dos próximos três anos. A empresa pretende reforçar as suas operações neste mercado e estima um crescimento superior a 50 por cento por ano.

O Peru é um dos principais mercados latino-americanos da PHC e é tido como o cerne das operações da empresa na região. Atualmente, a PHC conta com uma carteira de 3 parceiros certificados no setor peruano e espera aumentá-la para 15 até 2017.

O crescimento ambicionado para o mercado peruano será motorizado por um robusto portfólio de parceiros, que reforçará as vendas da PHC e que, segundo a própria empresa, “oferecerá suporte a todo o software fabricado pela tecnológica portuguesa”.

O CEO da software house lusitana, Ricardo Parreira, explica que a estratégia passa por tornar o produto da PHC uma referência no país, tendo como principal foco a vertente das empresas de pequenas e médias dimensões, “uma vez que se este se revela um mercado em franco crescimento e uma referência na América Latina”. As soluções oferecidas centrar-se-ão no aprimoramento de processos de gestão e no aumento da rentabilidade das PME locais.

O executivo revela ainda que o investimento no Peru é o início de um processo de expansão que visa disseminar as operações da PHC pelo subcontinente, sendo que a Colômbia e o Chile são os próximos alvos.

Numa primeira fase, a PHC, de acordo com o seu diretor-geral, concentrará as suas atenções nos setores do retalho, da distribuição e da indústria.

No dia nove de setembro, a PHC realizará aquele que é o seu primeiro evento no Peru, esperando-se a presença de entidades que se assumirão como parceiros da empresa lusa no novo mercado.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor