Perdas de produtividade estão associadas a desafios com documentos

EscritórioNegócios
1 12 Sem Comentários

Os desafios relacionados com documentos desperdiçam o tempo dos funcionários e contribuem para uma perda de 20% na produtividade anual, o que equivale a mais de dois meses de trabalho. Pelo menos é o que sugere o novo documento da IDC patrocinado pela OKI Europe.

Segundo o relatório, esta situação está relacionada com o crescimento exponencial no acesso às informações, uma das principais tendências que para a IDC impulsionam iniciativas para melhorar a eficiência dos processos empresariais.

No estudo são identificadas as principais tendências que impulsionam a evolução atual no local de trabalho. O relatório revela que, nos últimos anos, tem havido uma explosão no crescimento da capacidade de acesso e fornecimento de informações.

A IDC afirma que o volume de dados que as empresas recebem terá aumentado seis vezes nos últimos cinco anos até 2015 e deverá continuar a um ritmo semelhante. O desafio para as empresas é compreender as informações a que têm acesso e fornecê-las da forma mais económica e mais rápida.

“Na era da Cloud, o avançado nível de funcionalidades que a nova geração de MFP Smart traz para o mercado pode ser fundamental, permitindo às empresas dar resposta às exigências da constante evolução a que assistimos nos locais de trabalho,” confirma Terry Kawashima, diretor-geral, OKI Europe.

O equilíbrio entre a necessidade de redução de custos operacionais e o aumento da produtividade é outro dos principais impulsionadores de muitas iniciativas no local de trabalho, aumentando o número de empresas que prestam mais atenção aos seus custos operacionais relacionados com a impressão e à procura de soluções que simplifiquem as suas atividades.

A terceira tendência de evolução significativa no local de trabalho identificada no White Paper é o impacto da crescente força de trabalho móvel, com a IDC a estimar que, em 2018, 75% dos funcionários estarão a trabalhar a partir de casa, através de dispositivos móveis, em viagem, a partir de instalações da empresa ou nas instalações do cliente. A crescente força de trabalho móvel, por sua vez, criou uma necessidade crítica de acesso “a qualquer hora e em qualquer local” a informações precisas e seguras.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor