Pequenas empresas têm mais apetência pela nuvem, diz PHC

CloudGestão
1 5 Sem Comentários

Três anos depois de iniciar a transição para a nuvem, a softwarehouse portuguesa PHC tem agora 1500 clientes na plataforma cloud FX. O CEO Ricardo Parreira diz à B!T que as micro e pequenas empresas são mais entusiastas m relação a estas tecnologias.

“Começa a haver cada vez mais apetência por saber, perceber e conhecer”, afirma o executivo da PHC, que apresentou alguns novos produtos na nuvem no recente evento anual Open Minds. O interesse depende do segmento de mercado, mas Ricardo Parreira avança que “nas médias empresas a mentalidade ainda é muito aquisitiva.” Na área do ERP, as empresas de média dimensão, acima dos 100 empregados, “ainda estão muito centradas em ter o software e controlar todo o sistema.”

A abordagem é diferente nas micro e pequenas empresas, onde “já se assiste a uma apetência muito grande pela cloud”, refere o responsável, considerando que se trata de um fenómeno interessante.

O que determina esta adesão das micro e pequenas empresas passa por várias vertentes. “Para uma pequena empresa, a oferta da cloud é irrecusável”, sublinha o CEO da PHC. “Não tem investimento inicial porque pode subscrever, tem garantia de segurança, back-ups, infraestrutura, profissionais a validar tudo, nunca terá de ter o software em casa”, resume. Torna também muito mais fácil trocar o software, o que “reduz imenso o risco.”

“Numa pequena e micro empresa, que está na luta pela sobrevivência, o risco é maior. Quando não existe mentalidade aquisitiva no empresário, a proposta de valor de um ERP em cloud é praticamente irrecusável”, reitera.

Uma das novidades que a empresa apresentou no Open Minds foi a Loja Web, desenvolvida para os clientes PHC CS (corporate) com o intuito de facilitar a criação de lojas online. A empresa pode comprar ou subscrever e depois alojar on-premise ou numa nuvem privada.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor