Paypal alarga proteção do vendedor em Portugal

e-Marketinge-Payment

O PayPal, anunciou, hoje, a extensão da sua Proteção do Vendedor em Portugal, funcionalidade que já existia em outros países em que a empresa atua. A partir de agora, a ferramenta é válida nos serviços, bilhetes e viagens e não apenas em bens tangíveis.

O programa abrange os vendedores na situação de lhes serem enviados pagamentos não autorizados ou no caso de um comprador alegar que não recebeu o produto.

A proteção passa a aplicar-se a serviços como design, educação ou fotografia; bilhetes para concertos, espetáculos, eventos desportivos e viagens, como por exemplo, voos ou reservas de hotéis. Antes apenas abrangia bens tangíveis.

“Esta é uma decisão importante que estende o programa de Proteção do Vendedor para dar aos seus vendedores a garantia de que podem alavancar o comércio eletrónico a uma escala maior e com mais confiança. PayPal é a carteira digital mais utilizada e confiável do mundo e estas mudanças são uma etapa importante para fornecer aos nossos vendedores uma proteção acrescentada ao usar o PayPal” , afirma Miguel Fernandes, Head of Sales & Business Development PayPal Portugal.

O programa ajuda os vendedores portugueses a realizar transações mais seguras, quer Portugal, quer nos outros 200 mercados onde o PayPal está presente. De referir que o nosso país conta com mais de 500.000 contas ativas de utilizadores.

“A segurança é a chave do modelo de negócio do PayPal; saber que se está protegido deveria ser um requisito básico ao comprar e ao vender online, por isso este é um passo extremamente importante para o desenvolvimento do eCommerce em Portugal”, acrescenta o executivo.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor