Parcerias potenciam inovação da Cisco

Negócios
0 0 Sem Comentários

Tecnológica anuncia parceria com Web Summit e PixelsCamp como forma de reforçar o seu apoio à inovação em território nacional para além da aposta no seu programa de formação em Tecnologias de Informação e Comunicação – Cisco Networking Academy.

Basicamente, a Cisco Networking Academy NetRiders utiliza as tecnologias web da Cisco para desenvolver uma competição interativa ao nível de competências de rede ao mesmo tempo que ajuda a melhorar a aprendizagem em aula, une alunos de todo o mundo e promove a educação e formação tecnológicas.

Esta competição em especial convidou à apresentação de competências técnicas em redes, bem como soft skills na área de Internet of Things (IoT). Organizada pela Cisco, esta iniciativa é uma grande oportunidade para os estudantes abrangidos pelas Cisco Networking Academies aprenderem mais sobre Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) e redes através de uma série de exames online e simulação de atividades utilizando ferramentas Cisco.

Agora e explicando sendo no prosseguimento do seu compromisso com a inovação tecnológica, a Cisco confirmou já a sua presença no Web Summit e no Pixels Camp.

O Web Summit é já considerado o maior evento de tecnologia da europa e a sua dimensão – prevê-se que acolha cerca de 50 mil participantes e mais de 15 mil empresas – é encarada pela Cisco como “uma oportunidade de fazer crescer o seu ecossistema de soluções e parceiros de transformação digital através da descoberta de startups de próxima geração”.

Como tal, a Cisco reservou para este evento apresentações do seu diretor executivo, John Chambers, do seu vice-presidente sénior e diretor-geral para IoT e Aplicações, Rowan Trollope, bem como o anúncio dos vencedores da terceira edição do Cisco Innovation Grand Challenge – uma competição global que reconhece tecnologias, produtos ou modelos de negócio que melhor alavancam a Internet of Things (IoT) em diferentes categorias.

No Challenge deste ano, foi pedido aos participantes para apresentar novas ideias de como tirar partido da IoT para melhorar a educação, saúde, transportes, produção, smart cities, retalho, cibersegurança e infraestrutura.  Os seis semifinalistas vão fazer o pitch perante um júri no Web Summit e o anúncio dos três vencedores será feito também durante o evento.

O Web Summit realiza-se pela primeira vez fora do seu país natal e terá lugar na FIL, em Lisboa, entre 7 e 10 de novembro.

Antes, entre 6 e 8 de outubro, terá lugar no LXFactory em Lisboa o Pixels Camp, organizado pela incubadora Bright Pixel. Além de parceira, a Cisco marcará presença através de um stand, “procurando parcerias disruptivas que possam tirar partido do poder da rede inteligente apresentando também o DevNet, um portal que apresenta mais de 100 APIs em áreas como colaboração, segurança e mobilidade”.

O evento contará com workshops, conferências e um hackaton com 48 horas de duração.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor