Parceria entre Visa e Fastacash cria serviço de pagamento

MobilidadeNegóciosSoftware

Uma parceria entre a Visa Europe e a Fastacash vai permitir o pagamento entre indivíduos particulares através de redes sociais. Com o serviço Visa Direct, a ser apresentado no Mobile World Congress 2015 em Barcelona, os bancos membros do grupo vão disponibilizar aos seus clientes a possibilidade de efetuarem pagamentos peer-to-peer mediante o Facebook, o

Uma parceria entre a Visa Europe e a Fastacash vai permitir o pagamento entre indivíduos particulares através de redes sociais. Com o serviço Visa Direct, a ser apresentado no Mobile World Congress 2015 em Barcelona, os bancos membros do grupo vão disponibilizar aos seus clientes a possibilidade de efetuarem pagamentos peer-to-peer mediante o Facebook, o Twitter, o WhatsApp e o LinkedIn.

online pagamento

Diz a Visa Europe que esta união com a startup Fastacash, sediada em Singapura, vai alimentar o crescimento do Visa Direct, um serviço global que permite a transferência de dinheiro entre indivíduos particulares, diminuindo, desta feita, “o fosso entre os consumidores que querem usar as redes sociais para transferir dinheiro e os Bancos e os prestadores de serviços de pagamento”.

Os utilizadores finais poderão, segundo consta, realizar transferências bancárias “ de e para qualquer cartão Visa”, recorrendo a redes sociais ou serviços de mensagens.

Da parceria entre a Fastacash e a Visa Europe nasceu a ferramenta, patenteada, Fastalink que, precisamente, torna possível este tipo de transferências.

Sue Onians, da Visa Europe, disse que a empresa reconhece que cada vez mais os utilizadores exigem ferramentas que promovam a mobilidade nas suas atividades quotidianas e que foi nesse mesmo espírito que a entidade bancária se aliou à Fastacash, para entregar essa tão desejada mobilidade aos seus clientes. “Os consumidores querem ser capazes de transferir dinheiro com facilidade e segurança, sem limitações geográficas, aos seus amigos e familiares. O Visa Direct permite exactamente isso e a nossa parceria com a Fastacash tornará isso ainda mais fácil através das redes sociais”, rematou Onians.

A parceria vai permitir à Fastacash, disse o seu CEO Vince Tallent, aproximar a startup dos bancos e dos utilizadores de serviços de transferência bancária. “Ao trabalharmos com a Visa Europe e os seus Bancos membros, seremos capazes de disponibilizar transferências de dinheiro para mais de 500 milhões de pessoas em toda a Europa”, afirmou.

O procedimento, explica a Visa, é simples. Recorrendo ao Visa Direct, como app móvel ou como uma outra interface disponibilizada pelo seu banco, o utilizador define o montante da transferência e de seguida seleciona o canal através do qual será transferido o dinheiro, “seja directamente para um número de telemóvel ou, no futuro com a Fastacash, através de um canal social”. O destinatário da transferência é notificado da operação.

“O limite máximo é de 1000€, embora um valor máximo mais baixo por transacção possa ser definido pelos Bancos do emissor”, disse a Visa Europe à B!T.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor