Palo Alto Networks denuncia vulnerabilidades no Internet Explorer

BrowserEscritório

As falhas encontradas pelo investigador da Palo Alto Networks, Bo Qu, afetam as versões 6, 7, 8, 9, 10 e 11 do programa da Microsoft, anuncia a empresa em comunicado de imprensa.

A Palo Alto Networks identificou três novas vulnerabilidades criticas no Internet Explorer (IE). As vulnerabilidades foram descobertas pelo investigador da empresa, Bo Qu, e afetam as versões 6, 7, 8, 9, 10 e 11 do Internet Explorer.

“Como parte do compromisso contínuo da empresa para com a comunidade de investigação em segurança, estas vulnerabilidades foram apresentadas à Microsoft através da participação da Palo Alto Networks no Microsoft Active Protections Program (MAPP), que assegura a divulgação atempada e responsável de novas vulnerabilidades e criação de meios de segurança por parte dos fabricantes de soluções de segurança”, diz a empresa em comunicado de imprensa.

A empresa já tinha descoberto outras vulnerabilidades críticas do IE este ano, nomeadamente três em maio, uma em março, cinco em fevereiro, e em 2014, três em novembro, uma em outubro, 15 em setembro, três em agosto, 10 em julho 2014, e 22 em junho.

“Ao identificar proactivamente estas vulnerabilidades, desenvolver proteções para os clientes e ao partilhá-las com a Microsoft para fazerem o respetivo patch, a Palo Alto Networks pretende retirar uma das armas usadas por ciber-delinquentes para comprometer redes empresariais e governamentais”.

Em Portugal a Palo Alto Networks é distribuída pela Exclusive Networks,

 

 

 


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor