OutSystems lança primeiro visual debugger para aplicações móveis

InovaçãoMobilidadeSoftware

A empresa anunciou hoje o lançamento do primeiro visual debugger em low-code, que pretende proporcionar uma melhor experiência para a resolução de problemas de código, quer seja executado do lado do servidor quer  do dispositivo móvel.

As plataformas de desenvolvimento low-code ajudam a inovar e a impulsionar a transformação digital, permitindo a disponibilização de soluções a uma velocidade dez vezes superior.  No entanto, o processo de debugging dessas aplicações móveis sofisticadas é demorado e complexo, além de superar muitas vezes as capacidades de um developer comum.

Segundo a Outsystems, esta nova funcionalidade oferece aos programadores os benefícios do low-code em todo o ciclo de vida de desenvolvimento e resolve dois grandes desafios. Em primeiro lugar, o mesmo conjunto de capacidades low-code pode ser utilizado para criar e solucionar problemas em qualquer tipo de aplicação, facultando às equipas mais opções de recursos para os projetos. Em segundo lugar, com o low-code, os tempos de transferência de conhecimento diminuem significativamente, reduzindo o risco de iniciativas críticas de dispositivos móveis.

“Hoje, estabelecemos uma nova fasquia para os developers que se deparam com o debug de código que corre em dispositivos móveis. Facultar às organizações uma abordagem low-code para a criação de experiências móveis mais ricas, mas esperar que elas recorram a ferramentas de developer complexas no momento de realizar o debug, é destruir por completo a finalidade de uma plataforma low-code”, explica, em comunicado, Gonçalo Borrêga, Head of Product da OutSystems.

“Vemos developers que modelam interações complexas e lógica aproveitando-se das capacidades nativas. Ao facultar uma experiência de debugging visual e contínua, mesmo que o código seja executado em iPhone, Android ou do lado do servidor, garantimos que as equipas obtêm os benefícios do low-code durante todo o ciclo de vida de desenvolvimento”, acrescenta o executivo.

 


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor