Orange vai comprar a espanhola Jazztel

NegóciosOperadoresRedes

A empresa de telecomunicações Orange mostrou-se interessada em comprar a operadora espanhola Jazztel, por uma quantia de 3,4 mil milhões de euros, num negócio que poderá tornar possível que a francesa consiga eclipsar a sua concorrente Vodafone no setor de telecoms de Espanha. A oferta da Orange pela Jazztel fica em 31 euros por cada

A empresa de telecomunicações Orange mostrou-se interessada em comprar a operadora espanhola Jazztel, por uma quantia de 3,4 mil milhões de euros, num negócio que poderá tornar possível que a francesa consiga eclipsar a sua concorrente Vodafone no setor de telecoms de Espanha.

orange

A oferta da Orange pela Jazztel fica em 31 euros por cada ação, o que totaliza 3,4 mil milhões de euros que a operadora francesa está disposta a desembolsar para trazer para debaixo da sua alçada a homóloga espanhola.

O diretor executivo da Orange, Stephane Richard, afirmou que a aquisição vai atuar como elemento potenciador do crescimento da empresa no mercado espanhol das telecomunicações, nomeadamente no segmento das ofertas hibridizadas que integram características das telecoms fixas e das móveis.

Richard disse ainda que a Orange indubitavelmente conseguirá conquistar, depois de se apoderar da Jazztel, o segundo lugar no pódio dos serviços de telecomunicação fixa e a medalha de bronze no setor mobile em Espanha, sendo neste último ramo ensombrado pela Vodafone, embora o executivo demonstre inabalável confiança na capacidade da empresa conseguir rapidamente superar a operadora rival e alcançar a prata.

A consolidação do mercado espanhol das telecoms não seria, certamente, uma surpresa para ninguém, visto que a redução de preços e um crescendo da competição alimentado pela recessão sofrida pelo país têm evidenciado a diminuição do número de operadoras em Espanha.

Quando a Vodafone, a segunda maior operadora móvel na cena espanhola das telecoms deitou, em março, a mão à Ono, a Orange viu-se desamparada naquele que é o seu segundo maior mercado, sem o apoio de uma rede fixa de telecomunicações.

Assegurar um lugar no topo da lista das maiores operadoras de Espanha já é difícil. Chegar à primeira posição é uma tarefa hercúlea, pois a gigante Telefónica, com os seus descontos e as suas estratégias promocionais, agarra-se com punho de ferro à coroa de louros.

A compra da Jazztel valeria à Orange uns adicionais 1,5 milhões de subscritores de banda larga e ajudará a empresa a igualar os pacotes de telecomunicações fixas, de TV e de wireless das suas concorrentes.

A Orange disse ainda que o negócio poderá poupar-lhe cerca de 1,3 mil milhões de euros através de uma rede mais eficiente.

As ações da Jazztel subiram seis por cento para os 12,75 euros cada, enquanto que as da Orange sofreram uma queda de dois por cento.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor