Orange tenta agradar a CE com concessões à compra da Jazztel

NegóciosOperadoresRedes

A Orange comprometeu-se a fazer concessões ao seu negócio de aquisição da Jazztel. Esta é uma tentativa de atenuar as preocupações expressas pela Comissão Europeia, que receia uma consolidação do mercado espanhol das telecomunicações. Em 2014, ficou claro que a operadora francesa Orange estaria disposta a desembolsar cerca de 3,4 mil milhões de euros para

A Orange comprometeu-se a fazer concessões ao seu negócio de aquisição da Jazztel. Esta é uma tentativa de atenuar as preocupações expressas pela Comissão Europeia, que receia uma consolidação do mercado espanhol das telecomunicações.

Orange

Em 2014, ficou claro que a operadora francesa Orange estaria disposta a desembolsar cerca de 3,4 mil milhões de euros para deitar a mão à Jazztel, uma empresa de telecomunicações espanhola. Com esta aquisição a Orange quer reforçar a sua posição no mercado de Espanha e tentar superar a sua rival Vodafone, a segunda maior operadora do país, atrás da gigante Telefónica.

A Comissão Europeia franziu o sobrolho ao negócio entre a Orange e a Jazztel. A entidade reguladora receava que a aquisição resultasse numa consolidação do mercado que afetasse a saudável atividade concorrencial.

Como tal, a Orange viu-se forçada a aplicar concessões à compra, para tentar ganhar o aval da CE.

Consta que uma decisão será comunicada no próximo dia 30 de abril, altura em que a Orange saberá se os seus compromissos foram, com efeito, suficientes para apaziguar os receios da entidade reguladora.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor