Oracle quer lançar serviços cloud mais baratos para dar luta à Amazon

CloudEmpresasNegócios

O fundador e ex-CEO da Oracle disse que a empresa vai ampliar o seu portfólio de ofertas cloud. Desta forma, Larry Ellison quer que a empresa norte-americana consiga muscular as suas capacidades para melhor competir com a rival Amazon.com.

O antigo diretor executivo afirmou que a Oracle estaria a preparar-se para disponibilizar armazenamento online e permitir que os clientes possam recorrer exclusivamente à cloud da Oracle para operar as suas aplicações. Ellison disse que a empresa de Redwood City está pronta para levar a batalha com a Amazon.com até à esfera dos preços, o que denota que a Oracle pretende oferecer serviços e soluções cloud mais baratos para poder competir mais acerrimamente com a rival.

Diz a Reuters que as AWS, as soluções cloud da Amazon, lideram o segmento de consumo deste mercado, seguidas pelo Azure da Microsoft e pelos serviços da IBM.

Esta estratégia solidificaria a posição da Oracle na dimensão de consumo de soluções cloud, visto que está já bem firme na vertente empresarial.

O ex-CEO, que em 2014 abriu mão do cargo para ser substituído por Safra Katz e Mark Hurd, revelou que o conjunto de ofertas cloud que a empresa batizou de Oracle Cloud Platform emergirá como uma alternativa mais rentável aos serviços oferecidos pela Amazon.

Ademais, Ellison acredita que o novo serviço Archive Storage da Oracle rivalizará diretamente com o congénere rival Amazon Glacier. O executivo acrescenta que a Oracle oferece um serviço de armazenamento cloud a um décimo do preço do da Amazon.

O negócio de cloud da Oracle, segundo dados relativos ao seu último trimestre, cresce a uma cadência de cerca de 2,3 mil milhões de dólares ao ano.

No revés da medalha, a Amazon e a Microsoft geram ambas aproximadamente 6,3 mil milhões de dólares por ano em receitas.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor