Oracle pode ter sido vítima de espionagem pela NSA

Cloude-RegulaçãoLegalSegurançaServidores

Larry Ellison da Oracle, numa conferência industrial na passada quarta-feira, negou que os sistemas da empresa tenham sido alvo de espionagem por parte da Agência de Segurança Nacional. O diretor executivo e um dos fundadores da Oracle apaziguou, as preocupações relativamente à possível espionagem de dados privados dos consumidores por parte da NSA. Na conferência

Larry Ellison da Oracle, numa conferência industrial na passada quarta-feira, negou que os sistemas da empresa tenham sido alvo de espionagem por parte da Agência de Segurança Nacional.

larry-ellison-oracle-chief

O diretor executivo e um dos fundadores da Oracle apaziguou, as preocupações relativamente à possível espionagem de dados privados dos consumidores por parte da NSA.

Na conferência em São Francisco, nos Estados Unidos, um membro do público questionou o co-fundador da Oracle acerca das preocupações de potenciais clientes de serviços Cloud da empresa, frisando o receio do eventual acesso da entidade governamental a informação confidencial.

Ellison respondeu a estas inquietações declarando que há uma década que nenhuma base de dados da Oracle é acedida por pessoal não autorizado, e garante a segurança do software.

Várias companhias de Silicon Valley, incluindo a Oracle e a Salesforce.com, têm aumentado os seus serviços via Internet, como Recursos Humanos, Contabilidade e gestão de vendas, no seguimento da crescente tendência de cloud computing.

O antigo empregador da NSA Edward Snowden diz que a vigilância por entidades do governo americano tem aumentado as preocupações das empresas relativamente à sua própria segurança e privacidade, o que pode vir a afetar as vendas de aparelhos tecnológicos nos EUA, podendo mesmo a perder-se milhares de milhões de dólares.

David Litchfield, conceituado especialista em segurança e principal orador em inúmeros colóquios sobre hacking, refuta as afirmações de Ellison e declara que a segurança dos sistemas da Oracle é frequentemente comprometida.

Num e-mail enviado à Reuters, Litchfield reforça a acusação: “De todas as bases de dados comerciais, a da Oracle é a menos segura”.

A empresa de software de Ellison remonta a 1977, altura em que a Agência Central de Inteligência o contratou a ele e a mais dois colegas para desenvolverem uma base de dados, com o nome de código Oracle. Ainda nesse mesmo ano, Ellison e os seus colegas viriam a fundar a companhia de software que mais tarde seria apelidada de Oracle.

Em entrevista ao jornalista da CBS News Charlie Rose, Ellison diz que considera essencial a grande vigilância da NSA no combate ao terrorismo.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor