Opensoft ultrapassa barreira dos 4 milhões de euros em 2016

GestãoResultados
0 0 Sem Comentários

A Opensoft, empresa portuguesa especializada no desenvolvimento de software business critical, reportou que atingiu volume de negócios volume de negócios de 4.058.000€ no ano passado, o que representa um crescimento de 7% em relação a 2015.

O resultado é fruto do posicionamento da empresa nos setores da Administração Pública Central, da Banca e da Educação em projetos focados na otimização e automatização de processos.

«Em 2016 procurámos aprofundar o conhecimento sobre alguns mercados potenciais, mais concretamente a nível europeu», afirmou, em comunicado, José Vilarinho, CEO da Opensoft. «Participámos em várias iniciativas internacionais, incluindo missões empresariais e eventos, que nos permitiram ficar a conhecer um pouco melhor a realidade de alguns países e dar a conhecer a nossa oferta e competências», referiu o responsável.

Este ano, a Opensoft está apostar na internacionalização, «procurando tirar partido do know-how no desenvolvimento e integração de soluções tecnológicas, não só na área da Administração Pública Central, mas também em outras áreas estratégicas como a Banca, Seguros e Indústria», revelou o executivo. «O objetivo é continuar a inovar e a oferecer soluções que permitam acrescentar valor na área fiscal e aduaneira, estando a Opensoft a trabalhar no desenvolvimento de novos produtos para complementar a sua oferta», conclui José Vilarinho.

A empresa referiu que, em 2017, vai realizar novas contratações e pretende que a equipa atinja 67 colaboradores. Além disso, vai também investir na certificação de colaboradores, nomeadamente, em Core Spring.

No ano em que completou 15 anos de atividade, a empresa esteve presente no WebSummit, promoveu a organização da Opentour e fez 6 parcerias com grupos de alunos do Instituto Superior Técnico, Faculdade de Ciência e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa e ISCTE-IUL.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor