OLAmobile compra portuguesa EyeSee

EmpresasMobilidadeNegóciosSmartphonesStartup

A OLAmobile, grupo multinacional de Mobile Marketing Technologies, anuncia a aquisição de uma participação maioritária na startup portuguesa EyeSee, fundada em 2011 por João Redol, e que tem sido distinguida pelo desenvolvimento de tecnologia de Inteligência Artificial.

A EyeSee reforça assim o portfólio de serviços da OLAmobile. Esta aquisição tem como objetivo  disponibilizar a parceiros e clientes uma oferta mais ampla e preparada, dando resposta a um dos principais desafios da indústria e que está relacionado com a monetização não intrusiva de espaços publicitários online. A OLAmobile passa agora a dispor de uma equipa altamente qualificada em IA e machine learning, em Lisboa.

Para Antoine Moreau, CEO da OLAmobile, “depois de, no passado mês de Agosto, termos anunciado a compra da IconPeak e da BidderPlace, esta nova aquisição é mais uma prova do nosso compromisso com a inovação tecnológica e com visão estratégica de um crescimento que se pretende ser tanto a nível nacional como internacional. Com integração da EyeSee, a OLAmobile reforça a sua posição no mercado e permite-nos responder de forma cada vez mais eficaz e eficiente às exigências do mercado”.

A compra da EyeSee significa também o aumento da estrutura de recursos humanos, com a equipa a instalar-se na sede da OLAmobile em Lisboa, contando atualmente com 78 colaboradores em Lisboa, que a juntar à equipa de 6 pessoas nos escritórios de Guimarães perfaz um total de 84 colaboradores em Portugal.

No seguimento da sua estratégia de inovação e crescimento, a OLAmobile anuncia ainda que procura startups portuguesas com ideias diferenciadoras para revolucionar a indústria do mobile advertising para serem alvo de investimento. Os empreendedores com projetos nas áreas de Ad Tech e Martech que tenham interesse em receber investimento devem entrar em contacto com a OLAmobile, de forma a apresentar os seus projetos e planos de crescimento.

Em vésperas de mais uma edição da Web Summit, consideramos que este é um momento oportuno para mostrar uma vez mais o perfil de investidora em grandes ideias que a OLAmobile tem. Queremos continuar a crescer e a acrescentar valor ao nosso negócio, se o fizermos contribuindo para o crescimento de startups que já existentes, com projetos aliciantes, viáveis e com visão, será uma estratégia win-win. Acreditamos que existem grandes ideias de negócio em Portugal que podem crescer mais rápido com a nossa estrutura multinacional e o nosso know-how, e ser também uma mais-valia para o futuro da OLAmobile”, afirma Antoine Moreau, CEO da OLAmobile.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor