Óculos VR para smartphone serão metade das remessas da indústria

InovaçãoWearable
0 0 Sem Comentários

Os headsets de realidade virtual que funcionam com a colocação do smartphone vão dominar metade das remessas de todo o mercado VR em 2021, diz a Juniper Research. No entanto, o seu preço baixo fará com que representem apenas 7% da receita da indústria.

Quase 60 milhões de óculos VR para smartphone serão vendidos dentro de cinco anos, o que significa um salto de 240% comparado com os 16,8 milhões de  2016. Mas em termos de receitas, o impacto deste hardware é muito pequeno.

Embora milhões de consumidores já usem algum tipo de realidade virtual em óculos VR para smartphone – por exemplo, o Google Cardboard e o Samsung Gear VR – os programadores precisam de ir além das aplicações simples que estão disponíveis, avisa o estudo. De outra forma, será difícil manter os utilizadores interessados.

O relatório também indica que o mercado atual, com conteúdos de baixo preço ou gratuitos, irá influenciar as expectativas de custo no futuro. Muitas demos e jogos por menos de 30 euros estão disponíveis, inclusive para PC. Ou seja, as consolas serão a exceção, com jogos a preços mais elevados.

Este também será um problema para a realidade virtual baseada no smartphone, porque apenas 5% das apps descarregadas pelos utilizadores são pagas. As compras dentro da app são muito mais comuns. O que a Juniper Research prevê é que este mercado se torne dependente de um pequeno número de utilizadores que gastam muito dinheiro – ao contrário do PC e da consola, em que a maioria dos jogos ainda tem de ser paga.

“Muitos consumidores vão tentar a plataforma porque o hardware é relativamente barato, e depois abandoná-la devido à baixa qualidade dos conteúdos gratuitos”, afirma o autor do estudo, James Moar, avisando para os perigos de um mercado “fremium” nos óculos VR para smartphone.

“A melhor oportunidade para realidade virtual no smartphone é oferecer uma subscrição de conteúdos, desde filmes e séries a notícias, para suplementar os serviços online já existentes.”

O whitepaper Virtual Reality: Virtually Here está disponível no site da Juniper.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor