“iCar” começa a ser produzido em 2020?

MobilidadeNegócios

A Apple poderá começar a produzir o seu misterioso primeiro carro elétrico já em 2020, segundo fontes da Bloomberg. A fabricante do iPhone vai batalhar com gigantes como a General Motors e a Tesla de Elon Musk. Muitos têm sido os rumores que envolvem o misterioso projeto da Apple para um carro elétrico, e não

A Apple poderá começar a produzir o seu misterioso primeiro carro elétrico já em 2020, segundo fontes da Bloomberg. A fabricante do iPhone vai batalhar com gigantes como a General Motors e a Tesla de Elon Musk.

apple carro

Muitos têm sido os rumores que envolvem o misterioso projeto da Apple para um carro elétrico, e não menos são aqueles que criticam a tecnológica por querer dar um passo maior do que a perna. O antigo diretor executivo da sua futura rival GM, Dan Akerson, disse que a Apple poderá estar a tentar ir para além das suas capacidades ao procurar conquistar território no mercado automobilístico.

Em breve, poderá rebentar uma verdadeira batalha no setor dos automóveis. Tanto a GM como a Tesla estão a planear lançar um carro elétrico daqui a dois anos, que, segundo diz a agência noticiosa, terá uma autonomia de 321 quilómetros e deverá custar menos de 40 mil dólares.

Depois de no último trimestre de 2014 ter registado lucros de 18 mil milhões de dólares, a Apple está a querer estender os seus tentáculos a outros setores, para além do dos automóveis. Nos primeiros dias de fevereiro, o Re/code avançou que a Apple estaria desenvolver o seu próprio serviço de TV online, tornando-se, assim, num distribuidor de conteúdos. Ademais, dias antes de ter recebido uma avaliação insólita de mais de 700 mil milhões de dólares, o colosso californiano anunciou que estava a planear construir um centro de dados no Arizona, no valor de dois mil milhões de dólares.

Citado pela Bloomberg, Dennis Virag, presidente do Automotive Consulting Group, disse que os carros são “máquinas tecnológicas muito complexas” e que começando do zero, como é o caso da Apple, o processo de desenvolvimento de um destes aparelhos levaria cerca de dez anos. Desta forma, Virag expressa o seu ceticismo face ao prazo colocado pela Apple para a apresentação do chamado iCar.

Também em fevereiro, a fabricante de baterias A123 Systems processou a Apple, acusando a empresa de Tim Cook de roubar engenheiros das suas equipas.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor