Nuvem híbrida simplifica transformação digital, diz estudo da EMC

Cloud

A EMC, empresa de TI, divulga resultados do estudo realizado pelo instituto de pesquisa IDG, que mostram a opinião de executivos de negócios e de TI sobre transformação digital e uso de nuvens híbridas. Estes consideram essas migrações essenciais para o sucesso competitivo na era digital.

O levantamento identificou que as organizações devem “pensar digitalmente” para melhorar as experiências do utilizador, aumentar a flexibilidade, gerar oportunidades de negócios e reduzir custos. A maioria dos participantes (92%) afirma que a estratégia competitiva das suas organizações inclui iniciativas de negócios digitais, e 90% acredita que o negócio digital é uma das “principais prioridades” nos próximos um a três anos. A conclusão é que o poder transformador do negócio digital é atualmente um motivador fundamental para a TI. Alguns dos motivadores desses investimentos em tecnologia digital são:

  • Melhorar a experiência do cliente (87% dos participantes responderam que esse é um objetivo crucial ou muito importante)
  • Conquistar novos clientes (86%)
  • Aumentar a inovação (82%)
  • Permitir decisões de negócios em tempo real (82%)

“Tornar-se digital é uma prioridade para praticamente todas as empresas do planeta. Mas o caminho para chegar lá não é assim tão óbvio. Este estudo deixa muito claro que as nuvens híbridas, bem como a economia e a agilidade que elas proporcionam, são essenciais para que uma empresa se transforme num negócio digital”, diz Jeremy Burton, Presidente, Produtos e Marketing, EMC Corporation.

O processo de se transformar num negócio digital é complexo e exige tempo, mas 63% dos participantes indicaram que estão bem encaminhados para atingir os seus primeiros objetivos de transformação digital. Os líderes de TI ainda enfrentam obstáculos como orçamento e recursos (38%), ambientes computacionais fragmentados (30%) e falta das tecnologias corretas (29%).

Nuvem híbrida em alta

Para solucionar estes desafios, os líderes de TI estão a voltar-se para ambientes de nuvem híbrida, adotando infraestrutura modernizada que envolve dois ou mais modelos de entrega, inclusive um datacenter tradicional, uma nuvem privada, uma nuvem privada gerida e uma nuvem pública.

Um impressionante percentual de 83% dos participantes já usa ou pretende usar um ambiente de nuvem híbrida, e 73% concordam que um modelo de nuvem híbrida cria um caminho para o negócio digital.

Os dados da pesquisa indicam que a transformação digital proporcionada pelas nuvens híbridas ajuda as organizações a melhorarem a agilidade da TI e transformam as iniciativas de implementação do negócio digital num processo mais rápido, fácil e económico.

Por reduzirem os custos de TI, segundo o levantamento, as nuvens híbridas permitem mais investimentos na transformação digital, e aqueles que adotaram a nuvem híbrida de forma mais intensa são também os que mais avançaram na transformação digital.

Das organizações participantes, as que possuem um número significativo de cargas de trabalho em nuvem híbrida têm uma probabilidade três vezes maior de atingir os seus objetivos de preparo de infraestrutura e de negócios digitais do que as que ainda não adotaram a nuvem híbrida.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor